XP lança primeiro ETF lastreado em ouro do Brasil

XP lança primeiro ETF lastreado em ouro do Brasil

A XP Inc lançou nesta semana o primeiro ETF de ouro do mercado brasileiro. O anúncio foi divulgado na quarta-feira (16) através do canal da empresa no YouTube.

O ETF replica o preço médio do metal em dólar. Ele chama-se “Trend ETF LBMA Ouro” e é negociado na B3 com o código “GOLD11”. O fundo é atrelado, direta e indiretamente, a dois fundos internacionais.

Cotas para pequenos investidores

No mínimo 95% do patrimônio alocado em cotas de um fundo de índice da BlackRock no exterior. O fundo chama-se iShares Gold Trust (IAU, na sigla em inglês). O IAU está listado na bolsa de Nova York.

Por sua vez, este fundo replica o desempenho da carteira teórica de ativos do índice LBMA Gold Price, desenvolvida pela London Bullion Market Association.

Tanto a carteira quanto a associação são referências mundiais para a definição e acompanhamento dos preços do metal.

Além disso, o fundo possui um valor de entrada de apenas R$ 10. Ele também é voltado para os investidores em geral, sem quaisquer restrições.

Trata-se de um grande avanço. Afinal, o investimento em ouro costuma ser restrito a fundos, contratos futuros ou a compra física, cujos valores de entrada são maiores.

Lançamento aumenta oferta de ETFs no Brasil

O novo ETF traz mais diversidade ao mercado brasileiro. A B3 ainda possui poucas opções de fundos deste tipo. Foi o que destacou Mário Palhares, diretor de produtos listados da B3.

“Temos repetido muito que a diversificação é o caminho para um portfólio forte e robusto. Por isso, entendemos que a listagem desse ETF proporciona aos investidores mais uma opção de investimento”, afirmou, em nota ao portal Infomoney.

Este é o primeiro ETF de ouro do Brasil e o segundo fundo do tipo lançado pela XP em 2020. O primeiro foi o “Trend ETF Ifix“, lançado em novembro.

O fundo replica o IFIX, índice que acompanha o desempenho dos principais fundos imobiliários listados na B3.

Leia também: IntoTheBlock aponta 3 razões para a alta do Bitcoin

Leia também: Ouro declina enquanto Bitcoin rompe recorde e dispara 6%

Leia também: Investidor perde R$ 250 mil em Chainlink enviados para endereço errado

BTC LAST NEWS: Crupto Facil