WhatsApp Pay deve ser aprovado ainda em 2021 com suporte ao PIX

WhatsApp Pay deve ser aprovado ainda em 2021 com suporte ao PIX

O diretor-executivo da Cielo, Paulo Caffarelli, afirmou na quarta-feira (27) que o WhatsApp Pay, serviços de pagamentos do WhatsApp, será finalmente liberado.

Durante um evento com a imprensa, Caffarelli estimou que o serviço deve ser aprovado pelo Banco Central (Bacen) ainda no primeiro semestre de 2021.

Além disso, o executivo da Cielo disse que o sistema terá integração com o PIX, além de oferecer opções de pagamento e transferência entre os usuários do aplicativo.

“Estamos próximos de autorização do BC [para o WhatsApp Pay]. Não digo ainda que deve ser no primeiro trimestre, mas deve ser no primeiro semestre”, afirmou Caffarelli.

Segundo ele, o Bacen exigiu que o WhatsApp Pay se cadastrasse como credenciador de pagamento. Afinal, a expectativa é que haja um volume crescente ao longo do tempo.

Ele também informou que todos os requisitos do Bacen feitos às bandeiras de cartão de crédito foram realizados.

Integração com o PIX

Conforme noticiou o Valor Econômico, sobre a integração do WhatsApp Pay com o PIX, Caffarelli disse que tudo se encaminha para que o serviço chegue ao mercado já integrado ao meio de pagamento.

Dessa forma, a integração vai eliminar uma possível limitação de transferências apenas entre os usuários do WhatsApp.

O executivo ainda observou que algumas máquinas da Cielo já estão habilitadas a aceitar o PIX. E, agora, é preciso que os usuários “absorvam” a novidade.

“O processo é embrionário”, disse.

O caso WhatsApp Pay

Em junho de 2020, o aplicativo de mensagens do Facebook anunciou uma parceria com a Cielo para liberar pagamentos pelo aplicativo.

Entretanto, cerca de uma semana depois, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e o Bacen suspenderam o projeto.

Na ocasião, o Banco Central disse que a decisão tinha o objetivo de preservar o ambiente competitivo. Já o Cade apontou potenciais riscos para a concorrência no setor.

No final de julho, no entanto, as operações foram liberadas para testes pelas instituições.

Desde então, o lançamento oficial do novo meio de pagamento do WhatsApp é aguardado.

Leia também: Robinhood agora remove trade de criptomoedas de sua plataforma

Leia também: Tron é a próxima criptomoeda impulsionada pelo WallStreetBets?

Leia também: Mia Khalifa investe em Dogecoin: “comprei a ação do cachorro”

BTC LAST NEWS: Crupto Facil