Veteranos indicam 5 investimentos alternativos lucrativos além de ações

Veteranos indicam 5 investimentos alternativos lucrativos além de ações

Os cofundadores da Real Vision, Raoul Pal e Damian Horner, estão explorando cinco investimentos fora do mercado de ações tradicional.

Segundo eles, essas opções podem reforçar o portfólio dos investidores durante um período de instabilidade econômica.

No primeiro de uma série de três episódios para a Real Vision Finance, os fundadores analisam o sucesso de investimentos alternativos em tempos de incerteza econômica.

Durante a palestra, Pal destacou a incerteza que agora persegue até mesmo os portfólios mais tradicionais, o que exige a exploração de classes de ativos menos óbvias.

“Estamos em um dos tempos econômicos mais extraordinários que qualquer um de nós já viveu, em que a incerteza é intensa e as pessoas estão em busca de respostas. Não sabemos realmente como isso vai nos afetar, nossos portfólios ou nossos negócios. Os mercados de ações são de alta avaliação de todos os tempos. Os mercados de títulos oferecem rendimentos baixos, os mais baixos de toda a história registrada. E os mercados de crédito têm o mesmo problema e estão sendo apoiados pelos bancos centrais.”

Economia global

Enquanto a economia global definha em recessão, Pal e Horner destacaram alguns produtos raros e exclusivos que estão sempre em demanda.

Pal ressaltou a popularidade crescente de arte, veículos clássicos de luxo, vinho, uísque e rum.

“Podemos ver que as pessoas se movem não apenas para ouro e criptomoedas. Mas para mercados de arte, mercados de carros clássicos. Também vimos o aumento do uísque como investimento. Já vimos isso em conhaques raros e vinhos finos. Vemos isso em todo o mundo, à medida que as pessoas procuram esses ativos incrivelmente raros, onde sempre há uma demanda, onde as pessoas percebem que isso é valorizado globalmente”, disse Pal.

Nesse sentido, o executivo passou a destacar especificamente o rum como um produto que pode estar subvalorizado.

“Você também está procurando coisas que talvez estejam subvalorizadas em relação a outras áreas. Todos os dias você vê preços recordes para vinhos finos ou arte. Mas há bolsões de valor e acho que o rum é uma dessas áreas. Rum é, acho tão bom quanto uísque. (…) E acho que seu lugar e sua hora estão chegando, à medida que essa cultura globalizada busca novas fontes de valor. E acho que rum é um deles.”

Horner

Por outro lado, Damian Horner levantou a hipótese de que possuir carros clássicos pode envolver altos custos de manutenção.

Além disso, observou que o mercado de belas-artes está passando por algumas incertezas. Assim, vinhos, uísque e, talvez, o mais superiormente, rum, poderiam ser as melhores apostas.

“Sabemos que os investimentos alternativos tradicionalmente têm um bom desempenho em tempos de volatilidade. Mas com alguns dos mercados tradicionais, como a arte, parecendo incertos sobre sua direção ou carros clássicos trazendo responsabilidades adicionais, as melhores propostas são vinhos e destilados. A ascensão meteórica do uísque como um investimento alternativo é intrigante, mas eu me pergunto se há maior potencial de lucro no rum. Assim como a prata é um seguidor acelerado das tendências do ouro, o rum seguirá os passos do uísque? É aí que reside o menos óbvio, mas as oportunidades mais interessantes.”

Leia também: Famoso analista: Bitcoin atingirá US$ 300 mil em 2021

Leia também: Evitem empréstimos para comprar criptomoedas, diz criador do Ethereum

Leia também: 60% dos traders lucraram com day trade em 2020, revela B3

BTC LAST NEWS: Crupto Facil