Twitter considera comprar Bitcoin e pagar salários com a criptomoeda

Twitter considera comprar Bitcoin e pagar salários com a criptomoeda

Parece que a compra de US$ 1,5 bilhão em Bitcoin pela Tesla está fazendo os executivos de grandes empresas repensarem seus investimentos e balanços.

Prova disso é que o diretor financeiro (CFO) do Twitter, Ned Segal, revelou que a rede social está considerando adicionar Bitcoin ao seu balanço patrimonial.

No entanto, ele ressaltou que precisa haver uma demanda para que isso aconteça.

Pagamento em Bitcoin

Além disso, Segal disse ao programa no Squawk Box da CNBC que o Twitter está pensando em pagar seus funcionários na criptomoeda.

Ele comentou que a plataforma de mídia social está “observando de perto” o que outras empresas estão fazendo para aprender com seus movimentos. Assim, a compra da BTC pela Tesla não passou despercebida pelo Twitter.

“Quando pensamos em nosso balanço patrimonial, pensamos em como ele é investido e a moeda em que é investido em relação a como podemos pagar às pessoas. Fizemos muitas reflexões iniciais para considerar como poderíamos pagar aos funcionários caso eles pedissem para ser pagos em Bitcoin. Como poderíamos pagar a um fornecedor se eles pedissem para serem pagos em BTC. E se precisamos ter BTC em nosso balanço, caso isso aconteça”, disse ele.

Por fim, Segal enfatizou que isso é algo que o Twitter está estudando e que vai estar atento à essa possível demanda.

Embora o Twitter esteja considerando essa opção, Segal disse que a empresa ainda não fez nenhuma alteração nesse sentido.

Square de Jack Dorsey foi a pioneira

A adoção do Bitcoin pelo Twitter não seria nenhuma grande surpresa para o mercado.  Pelo contrário, seria um caminho um pouco lógico. Afinal, seu CEO Jack Dorsey é um dos mais famosos entusiastas da criptomoeda.

Em outubro de 2020, a Square, outra empresa liderada pelo bilionário, investiu US$ 50 milhões no Bitcoin.

Com isso, se tornou a primeira grande empresa pública a fazer tal movimento.

Além disso, conforme noticiou o CriptoFácil, no início de fevereiro Dorsey começou a executar um nó (full node) de Bitcoin.

Veja a entrevista de Segal na CNBC nesta quarta-feira (10):

Leia também: AKT vai disparar 1.000%, prevê trader de criptomoedas

Leia também: Pesquisa: Litecoin como pode ser novo alvo de grandes investidores

Leia também: Bitcoin pode chegar a R$ 500.000 em 2021, diz bilionário

BTC LAST NEWS: Crupto Facil