Tuítes de Elon Musk têm “consequências devastadoras”, dizem especialistas

Tuítes de Elon Musk têm "consequências devastadoras", dizem especialistas

Na última semana, o Bitcoin ganhou um aliado de peso. O CEO da Tesla, Elon Musk, passou não só a apoiar a principal criptomoeda do mercado como a promovê-la em suas redes sociais.

Depois que Musk adicionou a palavra Bitcoin em sua descrição no Twitter, na sexta-feira (30), o preço da criptomoeda saltou mais de 20% para mais de US$ 38.500. 

Além disso, agora, Musk está dizendo que o BTC está perto de ser amplamente aceito:

“Eu sou um apoiador do Bitcoin. Estou atrasado para a festa, mas sou um apoiador. Eu acho que o Bitcoin está prestes a obter ampla aceitação pelo pessoal financeiro convencional.”

Além de exaltar o Bitcoin e fazer a moeda digital valorizar significativamente, Musk também tem usado seu Twitter para comentar sobre outros investimentos.

Na quinta-feira (28), por exemplo, ele disse que um novo modelo do carro Model S Plaid da Tesla permitiria aos passageiros jogar o game Cyberpunk 2077. Em seguida, as ações do CD Projekt (desenvolvedora do jogo) subiram mais de 12%.

Antes disso, ele apoiou o aumento frenético das ações da GameStop ao publicar “Gamestonk!!” junto a um link para o tópico do WallStreetBets.

Elon Musk
Fonte: Elon Musk/Twitter

Tuítes de Musk podem interferir no mercado

Para especialistas ouvidos pela CNBC, os tuítes de Musk são preocupantes e podem interferir negativamente no mercado

De acordo com Vincent Flood, analista do mercado de publicidade, as publicações do bilionário podem ter “consequências devastadoras” para os investidores de varejo, enquanto Musk enriquece.

Até mesmo o próprio Elon Musk, em uma recente entrevista, disse que precisa ter cuidado com o que fala e os impactos que ele pode causar no mercado.

Quem concordou com Flood foi o investidor Rich Pleeth. Segundo ele, Musk pode enriquecer com apenas um tuíte.

“Ele é um inovador, mas isso não significa que esteja acima da lei”, disse Pleeth.

Mas as ações de Musk não são uma novidade do mercado. Conforme explicou o chefe de desenvolvimento de negócios, Max Levy, isso sempre aconteceu nos mercados de capitais.

Como exemplo, ele citou Warren Buffett e Ray Dalio como outros “influenciadores” nos preços dos ativos.

Procurada pela reportagem da CNBC, nem a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês), nem a Bolsa de Valores de Nova Iorque comentaram o caso.

Regulamentação de tuítes?

O investidor de capital de risco em Londres, Hussein Kanji, destacou que a SEC deve trabalhar para manter os mercados racionais e justos.

“Mas Elon Musk atuando como um influenciador final e impulsionando a demanda em um mercado de títulos regulamentados parece estranho”, disse Kanji. “Se ele estivesse mudando o volume de um produto de consumo, eu não levantaria uma sobrancelha.”

Leia também: XRP tem valorização recorde e grupo do Telegram pode estar por trás

Leia também: Ano Novo chinês vai causar a queda do Bitcoin em fevereiro?

Leia também: Elon Musk: cheguei tarde, mas eu apoio o Bitcoin

BTC LAST NEWS: Crupto Facil