Total de taxas pagas na rede do Bitcoin dispara 50% nas últimas 24 horas

Total de taxas pagas na rede do Bitcoin dispara 50% nas últimas 24 horas

De acordo com gráficos do serviço de análise de blockchain Glassnode, o total de taxas pagas pelas transações Bitcoin on-chain (BTC) nas últimas 24 horas aumentou mais de 50% desde ontem.

Em duas mensagens recentes no Twitter, a empresa apresentou os dados. Primeiro, as taxas totais de Bitcoin pagas nas últimas 24 horas aumentaram 50,7%, para mais de US$9.500,00 (R$52.400,00).

Além disso, a taxa média de BTC paga por transação pelos usuários aumentou 58,8%, atingindo US$0,78 (R$4,30).

Lado bom e lado ruim

Na visão de Meni Rosenfeld, presidente da Israeli Bitcoin Association, as taxas de 24 horas mostram um prazo muito curto para ser particularmente significativo. Ele ressaltou que dados históricos mostram que a taxa de transação do BTC é mais volátil do que o preço do criptoativo em si. Ainda assim, ele observou que, caso a tendência de alta prossiga, isso pode indicar uma maior adoção e uso do BTC no dia-a-dia.

“Se a tendência continuar, um leve aumento nas taxas pode ser um sinal positivo. Isso significa que as pessoas estão realmente dispostas a pagar essas taxas – em outras palavras, o Bitcoin está aumentando em popularidade e uso. Isso pode se correlacionar com aumentos no preço e na adoção do BTC.”

Entretanto, Rosenfeld também alertou que um aumento expressivo demais pode ser um sinal de alerta para uma possível incapacidade de escalabilidade da rede.

Se as taxas aumentarem muito, porém, não é um sinal saudável. Isso significaria que a infraestrutura técnica do Bitcoin não está escalando, o que tornaria difícil para as pessoas se beneficiarem do Bitcoin e sufocaria o potencial do BTC de ter um impacto positivo”, explicou.

Rosenfeld também apontou que o tamanho das taxas de Bitcoin não é a única métrica a ser observada. Ele acredita que devemos também prestar atenção à sua variabilidade. Ele explicou:

“As mudanças rápidas nas taxas tornam mais difícil planejar com antecedência e tirar o máximo proveito do Bitcoin. Existem algumas propostas técnicas, como elastic block caps (“tampas elásticas”, em tradução livre), que venho defendendo, que buscam resolver isso.”

Aumentos no longo prazo

Rosenfeld também explicou que, a longo prazo, as taxas de transação do BTC devem aumentar. Ainda assim, ele apontou que o custo de gastar Bitcoin pode não subir graças à adoção de soluções de segunda camada, como a Lightning Network:

“A longo prazo, a taxa para uma transação on-chain deve aumentar, mas isso não significa que a taxa para um pagamento em BTC n precise aumentar. À medida que o Bitcoin cresce, veremos mais confiança nas soluções de segunda camada, como a Lightning Network. A taxa para cada pagamento na 2ª camada pode ser muito barata – mas a transação na cadeia que abre um canal será mais valiosa e, portanto, mais cara.”

Em momentos de pico no uso da rede, a tendência é que se registre um forte aumento nessas taxas. Basta lembrar que no período da alta histórica do Bitcoin, em 2017, o preço das taxas disparou, chegando a atingir mais de US$10,00 (R$55,00) em alguns momentos. A solução só foi normalizada com a implementação do SegWit, em agosto daquele ano, que ajudou a reduzir substancialmente as taxas da rede.

Leia também: Hash rate do Bitcoin pode cair até 30% após o halving, declara especialista

Leia também: Estudo constata que surto de coronavírus foi bom para o Bitcoin

Leia também: “Fundamento do Bitcoin só se fortalece nesta crise”, diz gestor do fundo de investimentos BLP Asset

BTC LAST NEWS: Crupto Facil