TikTok proíbe conteúdos sobre pirâmides financeiras e marketing multinível

TikTok proíbe conteúdos sobre pirâmides financeiras e marketing multinível

Com o objetivo de remover conteúdos que prometem “enriquecimento rápido” como pirâmides financeiras e marketing multinível (MMN), o aplicativo chinês TikTok atualizou suas diretrizes da comunidade.

Essas diretrizes definem um conjunto de normas e códigos de conduta comuns para o uso do TikTok. Além disso, orientam sobre o que é ou não permitido dentro da plataforma.

TikTok proíbe conteúdos de fraudes e golpes

Na atualização divulgada no dia 15 de novembro, o TikTok adicionou às suas diretrizes de “fraudes e golpes” diversos conteúdos que podem ser criados para causar danos financeiros ou pessoais. 

“Não permitimos que ninguém explore nossa plataforma para tirar proveito da confiança dos usuários e causar danos financeiros ou pessoais. Removemos conteúdo que engana as pessoas a fim de obter uma vantagem financeira ou pessoal ilegal, incluindo esquemas para fraudar indivíduos ou roubar ativos”, disse o TikTok.

Assim, dentro das diretrizes, a plataforma recomenda que os usuários não postem, transmitam ou compartilhem conteúdo de phishing, ponzi, marketing multinível, ou esquemas de pirâmide.

O app também está proibindo conteúdos que promovam esquemas de investimento com promessa de alto retorno. Também estão incluídas apostas fixas ou qualquer outro tipo de golpe.

Um porta-voz disse que o TikTok está colocando em prática medidas para reduzir a disseminação de conteúdo enganoso.

“Removemos conteúdo e contas que violam essas diretrizes, que identificamos por meio de uma combinação de tecnologia que sinaliza automaticamente o conteúdo para nossa equipe de moderação para revisão, investigação proativa e relatórios que recebemos de nossa comunidade”, disse o porta-voz.

Plataforma vai remover conteúdos e banir usuários

Nesse sentido, a plataforma vai remover os conteúdos sinalizados por usuários, moderadores ou por sua tecnologia automatizada.

Por fim, a empresa informou que os usuários que publicarem os conteúdos citados serão notificados da remoção. Caso acreditem que houve um engano, eles poderão apelar.

Entretanto, o TikTok afirma que vai banir ou suspender contas que estejam envolvidas em violações graves o repetidas.

“Vamos considerar as informações disponíveis em outras plataformas e off-line nessas decisões. Quando garantido, iremos relatar as contas às autoridades legais relevantes”, finalizou.

Leia também: Criador do Megaupload: “Bitcoin Cash vai valer US$ 3 mil”

Leia também: XP lança primeiro ETF lastreado em ouro do Brasil

Leia também: Estudo indica 3 diferenças entre as altas do Bitcoin em 2017 e 2020

BTC LAST NEWS: Crupto Facil