Técnico usou computadores de aeroporto para minerar Ethereum

Técnico usou computadores de aeroporto para minerar Ethereum

O funcionário de um aeroporto italiano foi flagrado utilizando computadores de serviço para minerar Ethereum (ETH).

No entanto, anomalias técnicas na rede causadas pela mineração alarmaram os funcionários do aeroporto.

Ao acionarem a Polícia Postal italiana, descobriu-se que havia um hub de mineração de ETH em cinco computadores do local.

Funcionário de aeroporto minerava Bitcoins no serviço

A informação sobre o crime foi dada pela”Gazzetta di Mantova“.

Assim, o culpado pela operação era o responsável pela infraestrutura de informática do aeroporto de Lamezia Terme, na província de Catanzaro, na Calábria.

De acordo com as informações, o técnico utilizava duas salas distintas para minerar ETH.

A rede era composta por cinco computadores de alta capacidade de processamento. O sistema utilizado para a prática também geria os serviços aeroportuários.

Apesar disso, a mineração de ETH foi possível porque ela não requer um grande dispêndio de energia, ao contrário do que acontece com o Bitcoin (BTC).

Problemas na rede denunciaram a operação ilegal

O funcionário foi descoberto pelas autoridades porque o sistema de gestão do aeroporto passou a apresentar problemas.

Dessa maneira, a Polícia Postal de Reggio Calabria e Catanzaro foi acionada. Depois, uma análise técnica foi posta em prática para determinar a causa dos problemas.

Aparentemente, uma investigação sofisticada foi posta em prática para entender o que estava acontecendo.

Além da análise dos dados da rede, a polícia também colocou câmeras para descobrir quem estava por trás do esquema.

Na visão dos investigadores, esse tipo de crime é um problema crescente:

“É um fenômeno crescente: com o advento da criptomoeda, multiplicam-se os ataques de cibercriminosos que tentam extrair energia de forma fraudulenta ou explorar o poder computacional dos sistemas das grandes indústrias, centrais elétricas ou, como no caso, aeroportos, para operação de computadores destinados à extração de criptomoeda; essas ações colocam em  risco a segurança e o funcionamento dos locais afetados.”

Finalmente, a polícia ainda não determinou se haviam outras pessoas envolvidas na mineração do Ethereum.

Leia também: Documento vazado mostra como a Binance foge de reguladores

Leia também: Problema da alta: taxas do Bitcoin atingem pico histórico

Leia também: Irã financia importações com criptomoedas para evitar sanções

BTC LAST NEWS: Crupto Facil