Taxa de hash do Bitcoin atinge máxima histórica

Avatar

O poder de computação da rede do Bitcoin aumentou em uma quantidade impressionante devido à realocação geográfica dos mineiros e ao novo equipamento de mineração.

O novo ano gerou uma explosão na taxa de hash do Bitcoin. De acordo com dados da Glassnode, a taxa global de hash é agora de 208 milhões de terahashes por segundo. De acordo com blockchain.com, o máximo anterior de 198,5 milhões de terahashes por segundo foi alcançado em 15 de abril de 2021.

Isso mostra que o bitcoin reduziu a queda na taxa de hash correspondente à repressão chinesa em vários estágios de criptomoedas em 2021. De acordo com a Bitfury, a maior parte da recuperação se deve ao “equipamento de nova geração que está ficando online”, não à realocação de equipamento da China, que teria sido muito ineficiente para operar em outros países.

Taxa de hash do Bitcoin sofreu com repressão chinesa

Em abril de 2021, as autoridades de Pequim começaram a examinar o uso de energia dos mineradores locais, enviando avisos aos data centers para coletar mais informações sobre a mineração de criptomoedas. Em maio de 2021, a China proibiu os bancos de oferecer serviços de Bitcoin e iniciou uma repressão sistemática às atividades de mineração.

Isso fez com que a taxa de hash caísse continuamente, atingindo o ponto mais baixo em 21 de julho de 2021, de 58,4 milhões de terahashes/s. Isso correspondeu a uma queda no preço de US$ 29,79 mil. Antes disso, no dia 15 de abril de 2021, um pico no preço de US$ 62 mil correspondia a um pico na taxa global de hash.

No entanto, Jason Zaluski, da Hut 8 Mining Corp, domiciliada em Toronto, disse: “A proibição da mineração pela China apenas gerou uma mudança geográfica … vemos isso [movimento] em direção a outros países, incluindo Canadá e Estados Unidos, como um resultado positivo”. Ele não estava errado, uma vez que as empresas americanas se tornaram as beneficiárias de mineradores chineses deslocados em busca de um refúgio para a mina. Outros países também recebersm novos mineradores devido aos custos de eletricidade baratos.

Por que a taxa de hash é importante?

A taxa de hash se refere a quanto poder de computação contribui para a rede do Bitcoin. Sempre que uma transação é verificada, ela é registrada no blockchain como parte de um bloco. O hash de um bloco garante que as transações sejam válidas. Para receber Bitcoin, um minerador deve criar com sucesso o cabeçalho de um bloco, que contém uma versão editada dos dados de transação contidos no bloco.

As chances de encontrar o hash tornam-se mais complexas à medida que mais moedas são extraídas; portanto, uma taxa de hash mais alta (mais poder de computação) aumenta a probabilidade de um minerador receber uma recompensa em Bitcoin. Os cálculos das taxas de hash não são precisos e, como resultado, é melhor se concentrar em períodos de tempo mais longos, como semanas ou meses, ao avaliar as taxas de hash.

A taxa de hash desempenha um papel significativo na determinação da segurança da rede. Quanto mais mineradores na rede pretendem minerar bitcoins honestamente, mais segura a rede se torna.

O artigo Taxa de hash do Bitcoin atinge máxima histórica foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian