Senadora responde Clinton após fala sobre cripto

Avatar



A senadora republicana Cynthia Marie Lummis rebateu a fala de Hillary Clinton, que disse que as criptomoedas podem desestabilizar as nações.

Senadora pelo estado de Wyoming, Cynthia Lummis discordou da fala de Clinton e sugeriu que adoção de cripto pode ser uma solução de dinheiro forte para os problemas de inflação do dólar e consequentemente da economia americana.

A defesa da criptomoeda aconteceu em um fórum promovido pela Bloomberg em Cingapura e foi na contramão da opinião da democrata Hillary Clinton, que afirmou, no mesmo evento, que criptomoedas poderiam desestabilizar os países, sem dar mais detalhes sobre como isso aconteceria e quais nações as seriam afetadas.

No Twitter, Lummis disse que “Os grandes líderes não temem o futuro. Os Estados Unidos podem ganhar o futuro adotando o Bitcoin como dinheiro forte , que pode ser usado para estabilizar o dólar americano e desfazer a queda que começou em 1971”.

Opinião de Lummis sobre o Bitcoin é incerta

Apesar da declaração de Lummis, ainda não ficou claro o que a senadora conservadora tem em mente quando afirma que o Bitcoin pode estabilizar o dólar americano. A ideia pode estar relacionada com a paridade do ouro, que era feito antes de 1971.

Em 1971, o presidente Nixon aboliu inteiramente o padrão ouro, colocando o suprimento de dinheiro dos Estados Unidos sob o controle do governo federal. Desde então, a inflação tem sido um problema que tem dominado a pauta econômica da maior economia do mundo. Além disso, as tarifas de poupança em todo o mundo ocidental vêm diminuindo drasticamente.

Lummis também pode querer dizer que o Bitcoin forçará o dólar americano a competir como reserva de valor ao reduzir a inflação. Frequentemente, o Bitcoin é promovido como uma solução para o problema de inflação devido à sua política monetária descentralizada e não manipulável.

Corrida cripto entre estados americanos

O governador do Texas, Greg Abbot é ambicioso quando se fala em criptomoedas e mineração. O texano declarou no Twitter ele que pretende ser o primeiro do país em blockchain e criptomoedas.

No microblog, fez questão de lembrar que o Texas já é o número um em petróleo, gás natural, energia eólica, exportações e ambiente de negócios e o próximo passo serão as moedas digitais.

Em Miami, o prefeito Francis Suarez anunciou recentemente várias ações para  facilitar a adoção de criptomoedas.

Suarez, inclusive, declarou que receberia o salário em Bitcoin, respondendo a um tuite do cofundador do Morgan Creek, Anthony Pompliano, que questionava quem seria o primeiro político dos Estados Unidos a aceitar receber seu salário em bitcoin.

Já o prefeito de Nova York, Eric Adams, foi mais longe. Ele quer implementar nas escolas uma disciplina para abordar criptomoedas.

A cidade inclusive já conta com a ajuda da CityCoins para começar a mineração da NYCCoin, uma criptomoeda local, e depende de pelo menos 20 carteiras ativas para implementar o contrato.

O artigo Senadora responde Clinton após fala sobre cripto foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian