Secretária do Tesouro dos EUA: Bitcoin é extremamente ineficiente

Secretária do Tesouro dos EUA: Bitcoin é extremamente ineficiente

A Secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, criticou o Bitcoin durante um evento nesta segunda-feira (22).

Nunca tendo um posicionamento claro sobre criptomoedas, variando entre críticas e elogios, Yellen criticou o Bitcoin.

Para a autoridade financeira, BTC é ineficiente para realizar transações. Além disso, as movimentações com a criptomoeda consomem “muita energia”.

Yellen não gosta de Bitcoin?

O evento DealBook DC Policy Project está sendo realizado pelo New York Times. Ele terá duração entre os dias 22 e 23 de fevereiro.

Com diferentes palestrantes, o objetivo do evento é falar sobre como “reiniciar” o sistema financeiro. Como não poderia deixar de ser, o Bitcoin foi incluído nos temas.

Mas primeiro, Yellen falou sobre a criação de um dólar digital. A secretária afirmou que existem benefícios em uma versão digital do dólar. Dentre tais benefícios estão pagamentos “mais rápidos, mais seguros e mais baratos”.

Contudo, ela levanta problemáticas acerca da escolha:

“Qual seria o impacto no sistema bancário? Isso causaria um grande movimento de depósitos fora dos bancos para a Reserva Federal? […] Existem preocupações de estabilidade financeira? Como nós lidaríamos com lavagem de dinheiro e problemas de finanças ilícitas?”

De qualquer forma, Yellen ressalta que apesar da variedade de questões, vale a pena observá-las.

Foi então que a conversa saiu de dólar digital para o Bitcoin. Primeiro, Yellen afirmou que não acredita que o Bitcoin seja usado amplamente como mecanismo de transação.

Ela então completou:

“É uma forma extremamente ineficiente de conduzir transações, e a quantidade de energia consumida para processar essas transações é muito alto.”

As opiniões de Yellen sobre Bitcoin e demais criptomoedas costumam variar. Em 2018, ela afirmou que não era fã do BTC.

A razão seria o fato da criptomoeda não ser capaz de apresentar uma fonte segura de valor, além de não ser uma forma efetiva de moeda.

Entretanto, em seu discurso em janeiro deste ano para a posse da Secretaria do Tesouro dos EUA, Yellen afirmou que Bitcoin e outras criptomoedas ofereciam “benefícios em potencial” para Estados Unidos e seus aliados.

Leia também: Veterano indica bons pontos para comprar criptomoedas nesta correção

Leia também: 4 criptomoedas com chance de lucro nesta semana, segundo analista

Leia também: Brasileiros já podem receber salários com criptomoedas direto na carteira

BTC LAST NEWS: Crupto Facil