Satoshi Nakamoto pode ter escrito artigo há 20 anos em lista de cypherpunks

Satoshi Nakamoto pode ter escrito artigo há 20 anos em lista de cypherpunks

Uma postagem anônima na lista de e-mails do Cypherpunks causou burburinho entre a comunidade de entusiastas do Bitcoin. Escrita em 19 de setembro de 1999, a mensagem discute a ideia de “ecash”, e um tópico postado no r/Bitcoin do Reddit lançou a hipótese de que ela pode ter sido escrita por um jovem Satoshi Nakamoto, quase nove anos antes deste criar o Bitcoin.

A lista “Cypherpunk” tem esse nome por causa movimento que surgiu na década de 1980, defendendo a criptografia e outras tecnologias para melhorar a privacidade como ferramentas para promover a mudança social. Muitos dos primeiros apoiadores do Bitcoin faziam parte da lista de e-mails dos Cypherpunks, incluindo Adam Back, Hal Finney e Nick Szabo.

A lista foi o primeiro local onde Satoshi divulgou que estava trabalhando no Bitcoin, e também foi lá onde o programador anônimo divulgou o white paper da criptomoeda, em outubro de 2008.

Não sabemos com certeza se Satoshi Nakamoto já fez parte do fórum, mas ele certamente estaria familiarizado com as idéias que aí circulam. Muitas dessas idéias formaram a base para o que Nakamoto inclui no código do Bitcoin.

Quando este antigo post sobre “ecash” ressurgiu, foi fácil conectar os pontos ao Bitcoin atual. Primeiramente, o nome completo do white paper do Bitcoin é “Bitcoin: um sistema de dinheiro eletrônico (ecash) ponto a ponto”.

Análise do post

O da publicação começa discutindo os pré-requisitos necessários para um dinheiro digital, um recurso chamado “blinding”.

“Eu não diria que ecash tem que usar blinding, mas eu diria que seria um uso indevido da palavra “ecash”, se algo que fosse revogável fosse apelidado de ecash”.

“Blinding” provavelmente se refere à ideia de uma assinatura cega criptográfica, introduzida por David Chaum. Ele permite que as pessoas assinem com segurança os dados sem revelá-los e depois verifica se os dados não foram violados. Essa funcionalidade tornou-se comum após o Bitcoin e outras criptomoedas, pois é ela que permite que os dados de uma transação de criptomoedas não sejam associados a um nome ou identidade.

O autor do post continua discutindo outro obstáculo importante que qualquer moeda eletrônica enfrenta: o problema do gasto duplo, algo que também foi resolvido com o advento do Bitcoin.

“Uma possibilidade é tornar público o banco de dados de gasto duplo. Sempre que alguém recebe uma moeda, ele transmite seu valor. O banco de dados [banco de dados] opera em paralelo em um grande número de servidores, por isso é intratável desativá-lo”.

Por fim, ele conclui seu post mencionando as duas propostas de dinheiro eletrônico mencionadas na lista de referências do white paper do Bitcoin: o b-money (Wei Dai) e o Hashcash (Adam Back).

“Outra forma possível de ecash poderia ser baseada no b-money de Wei Dai. É como o Hashcash, algo que representa uma quantidade mensurável de trabalho computacional a ser produzido. Portanto, não poderia ser forjado. Este poderia ser um sistema de pagamento muito robusto e vale a pena prosseguir”.

No decorrer de um post de 200 palavras, o usuário anônimo aborda todos os principais problemas enfrentados por uma moeda digital utilizável – e todos eles foram solucionados quase 10 anos depois, após o surgimento do Bitcoin. Embora não haja como concluir que o autor é de fato Satoshi Nakamoto, a semelhança é impressionante. E isso pode ser colocado na infinita lista de especulações sobre a verdadeira identidade do criador do Bitcoin.

Leia também: Satoshi Nakamoto criou a Monero? Pesquisa aponta que sim

Leia também: Há 9 anos Satoshi Nakamoto disse “adeus” ao Bitcoin

Leia também: Como ganhar dinheiro com Bitcoin?

BTC LAST NEWS: Crupto Facil