Rede de restaurantes é criticada por investir em Bitcoin

Rede de restaurantes é criticada por investir em Bitcoin

A rede de restaurantes Tahinis anunciou que trocaria as suas reservas de dinheiro por Bitcoin (BTC) no dia 18 de agosto.

Dessa maneira, parte da criptoesfera ficou animada com a notícia, que serviu como argumento a favor da adoção institucional do Bitcoin.

Após ser duramente criticado por opositores das criptomoedas, o Tahinis resolveu explicar a sua aposta no BTC.

Rede de restaurantes é criticada por apostar em Bitcoin

No dia 18 de agosto, o Tahinis publicou a seguinte mensagem:

“Como uma pequena companhia que começou em London (Canadá), nós operamos quatro unidades. Três franquias estão prestes a abrir no estado de Ontário. Acabamos de converter todas as nossas reservas de dinheiro em Bitcoin.”

Segundo a empresa, houve um excesso de dinheiro parado nas contas do restaurante nos últimos meses. Assim, a empresa decidiu investir em BTC, inspirados em empresas como a MicroStrategy e a Grayscale.

Apesar de a decisão da empresa ter agradado parte da criptoesfera, diversas outras pessoas não gostaram da decisão.

Uma das críticas foi feita pelo perfil “Rook-Creek Financial”, que é um suposto gestor financeiro:

Crítica à decisão do Tahinis de investir no Bitcoin
Crítica à decisão do Tahinis de investir no Bitcoin

“Credo… isso é assustador. Espero que vocês não precisem de dinheiro nos próximos 12 a 18 meses. Bitcoin é uma especulação. Gosto de pensar nele como uma “commodity” [mercadoria]. Commodities são voláteis! Você pode sofrer uma correção de 50% num mercado de alta. Bitcoin não é dinheiro, para a sua informação.”

Além disso, em outro comentário, um usuário afirmou: “É estúpido apostar as suas reservas”.

Tahinis responde os críticos

Na manhã da sexta-feira (18), o Tahinis se manifestou sobre as críticas que vem recebendo sobre a adoção do Bitcoin:

Tahinis responde aos críticos
Tahinis responde aos críticos

“Nós fomos questionados e ridicularizados por comprar Bitcoin com as nossas reservas de dinheiro. Nós postamos um tuíte para explicar. Contudo, os céticos ainda nos estão questionando, o que é bom. Assim, vamos continuar a explicar e educar as pessoas sobre o porquê de ter tomado essa decisão.

Essa é a hora para uma nova série de publicações.”

Na sequência, a empresa citou diversos casos pessoas e empresas que estão apoiando a adoção do Bitcoin, como:

  • Jack Dorsey, fundador do Twitter e entusiasta do Bitcoin;
  • Paul Tudor Jones, investidor bilionário estadunidense, tido como um conservador;
  • Chamath Palihapitiya, investidor bilionário do setor de tecnologia;
  • Michael Saylor, CEO da Microstrategy, que é uma empresa que investiu R$ 1,3 bilhão em BTC recentemente.

Ademais, diversos outros investidores foram citados pelo Tahinis, que agradeceu a influência positiva dos entusiastas de criptomoedas nas suas ações.

Finalmente, é necessário ressaltar que a maior parte dos comentários é de apoio à decisão do restaurante.

Leia também: CEO do Twitter diz: Bitcoin é a melhor criptomoeda da atualidade

Leia também: “Day Trade é coisa de gente burra, baixa e preguiçosa”, diz youtuber

Leia também: Bitcoin não vai iniciar alta por 3 motivos, aponta analista

BTC LAST NEWS: Crupto Facil