Record expõe Midas Trend em reportagem: “velho esquema da pirâmide”

Record expõe Midas Trend em reportagem: "velho esquema da pirâmide"

A Midas Trend é uma empresa que promete rendimentos por meio de supostas arbitragens com criptomoedas. Contudo, desde o fim de 2019, seus clientes deixaram de receber.

Neste domingo, 23 de agosto, a empresa foi tema de uma reportagem em um programa da Record.

O Domingo Espetacular focou nos irmãos Devanney e Deivanir Santos, afirmando que a Midas Trend é o “velho esquema da pirâmide”.

Vítimas da Midas Trend falam com a Record

A reportagem começa falando sobre o rombo deixado pela Midas Trend, estimado em R$ 55 milhões.

Os apresentadores do programa, então, afirmam que a suspeita é de “mais um caso de pirâmide financeira”.

O Domingo Espetacular ainda dá ênfase ao fato das criptomoedas serem pouco conhecidas pelo público. Desta forma, o uso de conceitos envolvendo moedas digitais “facilitou o golpe”.

Em sua maioria, as vítimas da Midas se localizam em seis estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina, Bahia e Rio Grande do Sul.

Uma das vítimas que falou com a reportagem da Record afirma que possuía R$ 7 milhões investidos na Midas Trend.

Conforme já noticiado pelo CriptoFácil, 12% dos integrantes de um grupo de clientes lesados possui mais de R$ 100 mil investidos.

Prática de estelionato

O caso fica ainda mais estranho. O suposto endereço da Midas Trend em Salvador/BA não possui nenhum escritório.

Em Gravataí, no Rio Grande do Sul, Deivanir já possui três ocorrências policias registradas pela prática de estelionato.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) encaminhou nota à Record. No documento, ela afirma que o caso da Midas foi levado ao Ministério Público por haver indícios de fraude.

Na Bahia, os irmãos da Midas Trend são investigados pela Delegacia de Repressão ao Estelionato e Outras Fraudes (Dreof).

O Dreof pede ainda que as vítimas ajudem a complementar as informações.

Não está pagando

Ao contrário do que a Midas Trend tem divulgado em suas redes sociais, os pagamentos dos clientes não estão sendo honrados.

A Record mostra também a Midas 2.0, afirmando que a nova plataforma também não está pagando. Um trecho da reportagem então declara:

“Enquanto isso, Deivanir esbanja dinheiro.”

Quanto a Devanney, ele aparece em um vídeo mostrado na reportagem exibindo uma praia particular. A praia supostamente foi comprada com o dinheiro dos investidores de suas empresas.

Isso porque a Midas não foi a primeira empresa que lesou clientes das quais os irmãos participaram. Ambos já trabalharam para a BBom, acusada formalmente de pirâmide financeira.

Devanney, inclusive, já usou o mesmo plano de recuperação da Midas Trend na sua antiga empresa Waygetcoin.

O advogado Jorge Calazans, que já falou ao CriptoFácil sobre o acordo proposto pela Midas, representa diversas vítimas de Santos/SP.

Em junho, Calazans afirma que Deivanir tentou fazer um acordo com as vítimas, cujo valor superou R$ 1 milhão. Em julho, o acordo foi formalizado.

Contudo, em 01 de agosto a data para o pagamento do valor chegou, e Deivanir não honrou com o pagamento.

O advogado Alexandre Torres conclui:

“A gente sabe que, mais cedo ou mais tarde, eles serão capturados. Não tem como se esconder a vida inteira.”

Reportagem assusta a Midas

Uma das vítimas falou ao Domingo Espetacular sobre a pressão criada por Deivanir para abafar o caso.

Ela conta, conforme já relatado pelo CriptoFácil, as ameaças feitas pelo dono da Midas. Deivanir afirmava que não pagaria aqueles que demandassem judicialmente.

Agora, os esforços para reter o caso continuam sendo feitos. No dia da reportagem na Record, a Midas Trend exibiu em seu Instagram imagens como essa:

Líderes da empresa estão marcando o perfil da Record para “esclarecer” as coisas.

Entretanto, parece que não há nada a esclarecer. O plano de pagamento não foi honrado e clientes seguem sem previsão de pagamento.

Leia também: Nota de R$ 200 não significa retrocesso no combate à lavagem de dinheiro, diz Banco Central

Leia também: Huobi oferece “poupança” de Bitcoin e USDT com 80% de rendimento

Leia também: Famosa carteira de Bitcoin tem falha de segurança descoberta

BTC LAST NEWS: Crupto Facil