Projeto permite que escolas recebam em cripto no Brasil

Avatar



Escolas brasileiras poderão receber mensalidades em criptomoedas graças a um novo projeto do Educbank.

Com a novidade, o Educbank agora permite que as escolas diversifiquem seus meios de pagamento, dando liberdade às famílias de quitarem as mensalidades via cripto, Pix, boleto, dinheiro e cartão de crédito.

O Educbank é a primeira e principal fintech dedicada à educação básica da América Latina que possibilita acesso à capital, tecnologias avançadas de gestão e meios de pagamento para escolas, o grupo possui o compromisso de ampliar a oferta da educação básica de qualidade no Brasil.

A companhia disponibiliza capital e tecnologias avançadas de gestão, ao mesmo tempo em que garante às escolas o recebimento integral das mensalidades sem inadimplência.

Cripto diversificar opções de escolas

O conceito nasceu quando o idealizador, Danilo Costa, administrava uma rede de escolas que ele próprio fundou e sentiu na pele o transtorno em lidar com a inadimplência e a falta de acesso a capital.

“É inconcebível que mais de um terço dos esforços, e boa parte do orçamento dos gestores educacionais, esteja direcionado para inadimplência e questões financeiras, ao invés de estar dedicado ao que mais importa, que é educar e desenvolver pessoas”.

O Educbank dá início a um novo cenário dentro do ecossistema de fintechs e edtechs na América Latina. Fundada em 2020, a companhia conta com diversas escolas e recebeu duas rodadas de investimento. Nos próximos dois anos, ela estima que irá direcionar mais de R$ 1 bilhão para apoiar financeiramente escolas em todos os estados brasileiros.

“Iremos trabalhar lado a lado e apoiar financeiramente escolas de todo o país, proporcionando o capital e as ferramentas necessárias para que elas tomem as decisões de longo prazo que transformarão as suas realidades, sejam elas pedagógicas ou estratégicas, como a abertura de uma nova unidade. Somos o patrocinador financeiro das escolas brasileiras de alto potencial”, evidencia Lars Janér, CEO da companhia.

A plataforma é capaz de estabelecer um score a cada uma delas – visando estabelecer uma correlação entre o aprendizado dos estudantes, a qualidade operacional da escola e o valor de suas mensalidades.

O artigo Projeto permite que escolas recebam em cripto no Brasil foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian