Premiação de Desafio Cripto é doada para caridade.

Avatar

O especialista em DeFi Caio Vicentino foi o campeão do Desafio Cripto 2021 do BitcoinTrade.

O anúncio foi feito ao final do BitcoinTrade em Casa, evento com mais de 10h de duração, que contou com a presença de 15 referências do ecossistema cripto brasileiro, onde debateram temas atuais, como tokens não fungíveis (NFT) games, metaverso e regulamentação cripto.

O evento durou mais de 10h e contou com importantes nomes da comunidade cripto. Todo o lucro será revertido para instituições de caridade.

Desde o começo do Desafio, Vicentino, embaixador da MakerDAO no Brasil, esteve em posições de liderança. Sua estratégia foi apostar em Ethereum (ETH), finalizando com 91,22% de seu portfólio na criptomoeda e 8,78% em Reais (BRL).

O lucro aferido durante o desafio, de R$ 11.388,08, será doado para o Instituto Povo do Mar, instituição sem fins lucrativos cearense que busca desenvolver ações que contribuam para a formação humana de crianças da região com educação socioambiental.

“Fico muito feliz em ganhar o Desafio Cripto, primeiramente por ter a oportunidade de contribuir com uma causa da minha região, que conheço e acredito no trabalho. Mas, além disso, por ter acreditado nas minhas convicções quanto ao Ethereum e isso ter me rendido resultados. Foram quatro meses dessa jornada, espero que todos tenham aprendido um pouco com cada estratégia que os especialistas utilizaram.” Afirmou Vincentino.

O Desafio Cripto teve a participação de 11 especialistas e o vencedor do Road Desafio Cripto foi Gustavo Vargas. Ao final da disputa, a Escola Cripto (representada por João Hazim) ficou em segundo lugar com R$ 9.519.97e Marcello Paz, que teve lucro de R$ 9.294,46 em uma disputa apertadíssima ficando em terceiro. Todo lucro foi doado para diferentes instituições de Caridade.

Mundo cripto investe em caridade

O fundador da Cardano (ADA), Cha rles Hoskinson, doou US$ 50.000 para o The Magic Yarn Project depois de ganhar uma aposta sobre a atualização Alonzo e contratos inteligentes. A entidade é voltada ao atendimento de crianças com câncer.

Hoskinson anunciou a doação em seu Twitter após ganhar uma aposta no lançamento da atualização Alonzo e dos contratos inteligentes na blockchain do seu projeto.

A Munch, por sua vez, é uma criptomoeda solidária criada pelo consultor de informática Rodrigo Resende Silva e lançada no dia 14 de abril. Ela opera na blockchain da Ethereum e é voltada para o mundo das finanças descentralizadas (DeFi), por meio da Uniswap.

Recentemente, o empresário do ramo da tecnologia e fundador da TRON, Justin Sun, comprou a mais recente arte NFT desenvolvida pelo artista Beeple, por US$6 milhões. O valor arrecadado foi doado para a Fundação Open Earth, que visa combater  mudanças climáticas.

O artigo Premiação de Desafio Cripto é doada para caridade. foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian