PIX virou Tinder: brasileiros usam app para flertar e Bacen faz alerta

PIX virou Tinder: brasileiros usam app para flertar e Bacen faz alerta

Agora a NASA vem. Os brasileiros resolveram utilizar uma maneira no mínimo inusitada para flertar: o novo sistema brasileiro de pagamentos instantâneos, o PIX.

O PIX vem sendo usado como uma ferramenta de envio de dinheiro desde o seu lançamento pelo Banco Central (Bacen), ocorrido em novembro do ano passado.

Agora, os usuários encontraram uma nova utilidade para o sistema: enviar mensagens (e dinheiro) para o crush.

Isso é possível porque a solução inclui um campo onde o usuários devem digitar a identificação da transferência. Mas, em vez disso, os “pix lovers” estão enviando cantadas uns para os outros.

A ideia ganhou maiores proporções a partir de um caso específico que viralizou nas redes sociais.

Um usuário fez uma publicação contando que sua ex-namorada, bloqueada em todas as suas redes sociais, começou a usar o PIX para mandar mensagens junto com transações no valor de R$ 0,01.

O objetivo? Reatar o namoro. Não se sabe se ele aceitou a menina de volta, mas o caso é que a ideia inspirou outros usuários a usarem o PIX para flertar.

Eles passaram a compartilhar suas chaves PIX, usadas como identificação do recebedor da transação, pedindo que os crushs enviassem um “agrado” do tipo.

Claro que a nova onda foi motivo de memes nas redes sociais, sendo comparada até mesmo com o Tinder, o popular aplicativo de paquera.

Fonte: Monkey Stocks / Twitter

Um usuário da rede social até mesmo “tabelou” os serviços do “PIX Tinder”:

Tabela do PIX. Panm De Jesus
Tabela do PIX. Panm De Jesus/Twitter

Banco Central faz alerta

O “PIX Tinder” ganhou tamanha proporção que o Banco Central se pronunciou. A autoridade monetária disse que o objetivo do sistema é agilizar transações financeira e não servir como uma rede social.

Além disso, o Bacen informou que não há previsão legal para bloqueio de usuários específicos dentro do sistema. Entretanto, quem não quiser receber mensagens, pode ajustar as configurações do aplicativo do banco onde mantém a conta.

Por fim, alertou que o compartilhamento de chaves (que são dados pessoais) na internet pode representar riscos para o usuário. Principalmente quando a chave é o CPF ou número de telefone.

De qualquer forma, quem quiser continuar compartilhando as chaves para receber um “correio elegante” do PIX, pode usar a chave aleatória. O Bacen garantiu que ela é segura.

Leia também: Ripple vai dar criptomoeda de graça para quem tem XRP

Leia também: Ethereum falha em romper resistência; analistas falam sobre pontos críticos

Leia também: Confira 4 plataformas úteis para quem quer investir em DeFi

BTC LAST NEWS: Crupto Facil