Pesquisa: Litecoin como pode ser novo alvo de grandes investidores

Pesquisa: Litecoin como pode ser novo alvo de grandes investidores

Nos últimos dias, a Litecoin (LTC) tem passado despercebida do mercado. Apesar de estar próxima da sua máxima em reais, ela está 60% abaixo da máxima em dólares de 2017 (US$ 420).

Contudo, a criptomoeda quebrou um recorde nos mercados futuros. Os contratos em aberto de LTC atingiram a marca de US$ 584 milhões. Isso equivale a cerca de R$ 3,1 bilhões na cotação atual.

Tal desempenho levou a LTC a tornar-se a terceira criptomoeda em derivativos negociados. Apenas o Bitcoin e o Ethereum (ETH) tiveram desempenho superior.

Contratos futuros da LTC por exchange e volume total
Contratos futuros da LTC por exchange e volume total. Fonte: Bybt

Investidores institucionais miram LTC

Para o analista Marcel Pechman, o movimento não é necessariamente positivo em termos de preços. Contudo, ele destaca que um maior volume permite a entrada de investidores mais importantes no mercado.

E a procura desses investidores pela LTC se reflete nos fundos. Entre os fundos da Grayscale Investments, o fundo de LTC é o terceiro maior em ativos sob gestão.

Fundos de criptomoedas da Grayscale por valor.
Fundos de criptomoedas da Grayscale por valor. Fonte: Grayscale

Os fundos da gestora são exclusivos para investidores institucionais. Portanto, o desempenho do Litecoin Trust mostra o grande potencial da criptomoeda neste mercado.

Posições compradas ainda são modestas

Nos futuros, as posições compradas e vendidas ditam o ritmo do mercado. O gráfico abaixo mostra duas barras importantes para a LTC: a verde (comprados) e a vermelha (vendidos).

Liquidações diárias dos futuros de LTC
Liquidações diárias dos futuros de LTC. Fonte: Bybt

A grande barra verde no gráfico representa as posições compradas com encerramento forçado de suas posições em 10 de janeiro. Naquele dia, o preço do LTC desabou 32% em 18 horas, encerrando as posições já citadas.

Por outro lado, em 5 de fevereiro a LTC teve uma forte alta, saindo de US$ 147 para US$ 164. Em reais, a oscilação foi de R$ 807 para R$ 841.

Este movimento liquidou cerca de US$ 56 milhões em posições vendidas, o equivalente a R$ 296 na cotação atual. Mas isso ainda não é páreo para o movimento de baixa de US$ 128 milhões de janeiro.

Na avaliação de Pechman, os fundamentos também são importantes. Caso a LTC consiga implementar vários recursos na rede, o preço poderá finalmente disparar.

“Se os recursos de privacidade do Litecoin forem eventualmente implementados, isso poderia finalmente dar ao altcoin o impulso necessário para quebrar US$200 e metas próximas a US$300 não são ultrajantes”, disse.

Leia também: Lesados pela Atlas Quantum oferecem 10 Bitcoins para reunir com CEO

Leia também: Só 5% dos day traders lucram mais de R$ 10.000/mês; veterano explica

Leia também: 4 ações para comprar em fevereiro recomendadas por analista

BTC LAST NEWS: Crupto Facil