Perdeu o início das criptomoedas? Não perca o início do Metaverso

Avatar



O interesse crescente pelo Metaverso tem se dado por causa de um grande anúncio realizado pelo Mark Zuckerberg – CEO do Facebook. A gigante das redes sociais mudou seu nome para Meta, um esforço para construir seu próprio Metaverso e transformar a forma como utilizamos as redes sociais.

A Meta propõe que tanto as atividades de trabalho, estudos e lazer girem em torno de seu Metaverso. Isso será possível através de diversas aplicações de AR (Realidade Aumentada) e VR (Realidade Virtual).

Metaverso conceito
Metaverso conceito

Já imaginou ter reuniões de trabalho no Metaverso? Ou talvez, assistir os shows que você quiser sem necessidade de sair da sua casa? Em alguns meses e anos, tudo isso e mais, vai se tornar possível. A transformação de como trabalhamos, estudamos e nos entretemos será grande, para isso devemos estar preparados.

Muito grande e significativo é a mudança de direção anunciado por Zuckerberg, tanto que as pessoas e empresas têm começado a investigar sobre e inclusive, investir em projetos relacionados a Metaversos.

Metaverso Facebook
Metaverso Facebook

O que é o Metaverso

A pesar de que já existem aplicações de Metaverso, não existe uma definição base, mas em termos práticos, o artigo Building The Metaverse Responsibly da Meta, nos fala que um Metaverso é um conjunto de espaços virtuais onde você pode criar e explorar junto com outras pessoas que não se encontram em um mesmo espaço físico que você.

Mas como posso entrar em contato com outra pessoa em um Metaverso? A principal forma de acessar o Metaverso é por meio de um computador ou celular. Porém, este ponto depende de a qual Metaverso estamos acessando. Uma vez que conseguimos o acessar, a maioria dos metaversos nos leva ao início da criação e personalização de nosso avatar.

Avatar Metaverso
Avatar Metaverso

O avatar é uma representação digital do usuário, pode ser personalizado como você quiser e cada Metaverso oferece diferentes possibilidades. Vários deles permitem comprar roupas e acessórios digitais, de maneira que o seu “avatar” fique da forma mais autêntica possível.

E por que uma pessoa compraria uma roupa ou acessório digital, se não pode tocar?

Não existe uma razão principal, é algo completamente subjetivo. Muitos usuários consideram que o fato de comprar uma determinada roupa ou acessório digital para seu avatar, ajuda a ressaltar sua identidade dentro do Metaverso. Assim, a oferta destes itens digitais pode ser escassa, o que faz com que seja ainda mais valiosa para o usuário que a possui ou deseja possuir.

Avatars Metaverso
Avatars Metaverso

Portanto, uma vez feita a criação e personalização do teu avatar, o próximo passo te levará a ter contato com outras pessoas (outros avatares) sempre e quando se encontrem em um mesmo espaço virtual.

As interações virtuais, além dos metaversos, têm crescido em grande escala, isso após a atual situação mundial. Estudos revelam que as pessoas optaram por este tipo de interações cada vez mais, sobretudo pelo fato de romper a barreira geográfica de formas impensadas.

Metaverso, criptomoedas e blockchain

Mais que nunca, os três andam de mãos dadas. Outra das razões pela qual o Metaverso tem despertado o interesse tanto de indivíduos como de instituições, é a oportunidade de ter acesso a aplicações que estejam ligadas as criptomoedas e tecnologia blockchain em geral.

Criptomoedas e Metaverso
Criptomoedas e Metaverso

Apesar de que nem todos os metaversos são baseados em blockchain e nem utilizam criptomoedas, como as que conhecemos, o Minecraft, por exemplo, que é um jogo que permite o acesso ao seu mundo virtual, no caso, no seu “Metaverso”.

Trazer o Metaverso para o mundo das criptomoedas é uma revolução, já que não estaremos submetidos somente ao mundo virtual, isso significa que poderemos fazer pagamentos em criptomoedas, comprar acessórios, carros, casas, tudo o que estiver disponível, mas baseado em uma negociação real no mundo real.

Decentraland

Um dos metaversos mais conhecidos atualmente é o Decentraland, que é um Metaverso que funciona através da blockchain Ethereum, você pode acessar ao jogo por meio do navegador e conectar uma carteira Metamask ou Fortmatic, onde você poderá criar um avatar para ter acesso a diferentes lugares disponíveis dentro deste Metaverso.

Decentraland é pouco conhecido no aspecto social. Conta com uma página web dedicada na difusão dos eventos virtuais de todo tipo, desde exibições de arte (NFT), entretenimento como noites de casino apostando com criptomoedas até shows de músicas.

Um dos eventos mais relevantes dentro da plataforma foi o Metaverse Festival, que contou com a participação de artistas de renome como deadmau5 e Paris Hilton.

Descentraland Festival
Descentraland Festival

O acesso ao evento foi completamente gratuito, teve airdrops de roupas e acessórios digitais para os avatares e a possibilidade de ganhar POAPs por cada dia do evento.

Os POAPs são NFTs e são descritos como badges digitais que podem ser colecionados por cada evento que você participa. POAP (Proof-Of-Attendance Protocol) é um projeto muito relevante dentro do ecossistema de criptomoedas e que tem ganhado muita notoriedade, com resposta bastante positiva pelos usuários.

Decentraland e seu Metaverso deram seus inícios no ano de 2020 e é de origem latino-americano, especificamente da Argentina. Desde o começo, construiu uma comunidade que abraça os avanços tecnológicos.

DecentralandDecentralandUm dos avanços mais destacados dentro da plataforma foi a integração da Polygon para muitas das transações que são realizadas no Marketplace, onde são compradas todas as roupas e acessórios para o avatar.

Assim, Decentraland permite comprar frações de terra (LAND), que são tokens que individualmente representam um espaço dentro do Metaverso. Ao mesmo tempo, você pode comercializar estas terras pelo preço que desejar, ou também você pode construir no terreno, como um bar, shopping, ou o que você quiser.

Para adquirir LAND é requerido o token nativo criado pela plataforma da Decentraland, que é o token MANA.

Jogos Metaverso

Vários jogos estão sendo desenvolvidos, um deles é o Star Atlas, que será lançado em 2022, é um Metaverso de multijogadores ambientado em um futuro distante.

Construído na blockchain da Solana, os jogadores do metaverso Star Atlas poderão negociar, obter e criar tokens não fungíveis (NFTs) dentro do universo do jogo, assim serão construídas economias que refletem a tangibilidade, a propriedade e valor dos ativos do mundo real.

Dentro deste mundo, as pessoas poderão construir cidades, criar negócios dentro do jogo, inclusive colaborar ou formar organizações autônomas descentralizadas (DAO), para governar regiões específicas.

StarAtlas Conceito
StarAtlas Conceito

Outros metaversos dentro do ecossistema de criptomoedas é o The SandBox, que funciona na rede do Ethereum e traz a possibilidade de criar personagens, comprar terrenos e interagir dentro do mundo virtual, onde as pessoas podem participar de uma economia real, por meio de tokens não fungíveis (NFT) e o seu token nativo SAND.

O jogo The SandBox, cresceu bastante no mundo das criptomoedas, buscando rapidamente se posicionar frente aos concorrentes.

Metaverso e o futuro

Apesar de que hoje ainda estamos bem no início deste “novo” mundo virtual sendo construído, a possibilidade de construir metaversos em blockchain ou mesmo criar um jogo na blockchain, é uma grande oportunidade, sobretudo pelo interesse crescente das pessoas na tecnologia.

Assim também é uma grande oportunidade para conseguir impulsar a adoção por meio de ações cotidianas como compra e venda de itens físicos, virtuais (tokens, NFTs, todo tipo de colecionável), sendo utilizado como meio de troca as criptomoedas.

Imagine se em um futuro seu negócio não precise mais de espaço físico, já que ele estará 100% submergido em um metaverso, onde as fronteiras não são obstáculos para negociações e você poderá ser dono do seu dinheiro graças as criptomoedas.

Fonte: Livecoins

Marketcrypto.com.br: Livecoins

EnglishGermanPortugueseRussian