Parceria entre BNDES e EMBRAPII vai destinar até R$ 170 milhões para projetos blockchain

Avatar



Símbolo do BNDES no Rio de Janeiro blockchain

Uma parceria feita entre o BNDES e EMBRAPII vai destinar R$ 170 milhões para projetos de inovação no Brasil, inclusive com blockchain.

Desde 2017 as instituições firmaram parceria em um Acordo de Cooperação Técnica, sendo que esta será a segunda vez que colocam recursos a disposição para inovações no país.

Vale lembrar que o BNDES é uma das instituições públicas brasileiras que mais pesquisa sobre blockchain, já criando até um token na rede Ethereum para experimentar essa inovação. Hoje, servidores do banco até participam de uma rede nacional de blockchain com objetivo de avançar a adoção desta no setor público.

Parceria do BNDES e EMBRAPII destina R$ 170 milhões para projetos de inovação

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) anunciaram durante a COP26, na última sexta-feira (12), que vão destinar R$ 170 milhões a projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) de empresas nacionais.

As iniciativas procuradas pelo programa são de transformação digital, defesa, novos materiais, bem como quatro temas relacionados à sustentabilidade social e ambiental: bioeconomia florestal biocombustíveis, economia circular e tecnologias estratégicas para o Sistema Único de Saúde.

“Estima-se que a iniciativa promova até R$ 510 milhões em investimentos totais em inovação à medida que o modelo operacional da EMBRAPII alavanque recursos privados ao exigir o cofinanciamento do setor empresarial e participação econômica de instituições de ciência e tecnologia (ICTs) nos projetos apoiados pela instituição.”

Para participar, as empresas brasileiras interessadas devem estar credenciadas a EMBRAPII, concluindo os projetos em até 48 meses.

Os projetos de inovação poderão ser aplicados à agricultura, saúde, cidades inteligentes e indústria, tais como automação, IoT, robótica, inteligência artificial e blockchain, além de soluções aplicadas a plataformas de hardware, para o desenvolvimento das tecnologias de 5G, por exemplo.

Essa iniciativa prevê uma ajuda a retomada da economia brasileira, segundo o diretor do BNDES Bruno Aranha. Um dos focos da iniciativa também é apoiar a região Norte, principalmente na Amazônia.

Em 2020, essa parceria entre o BNDES e EMBRAPII já disponibilizou R$ 20 milhões para apoiar iniciativas para o diagnóstico, tratamento e combate à COVID-19 no Brasil.

Banco público segue de olho em iniciativas blockchain

Em setembro de 2019, o BNDES financiou um projeto de inovação no Estado do Paraná, que inclui a tecnologia blockchain, chamado Harpia. A ferramenta servirá para melhorar o controle de gastos do setor público, dando mais transparência ao proceso.

Vale lembrar que desde 2020, a tecnologia blockchain foi reconhecida pelo Governo Brasileiro como uma estratégia digital de inovação, principalmente no setor de gerenciamento de dados seguros.

O BNDES assim mostra que segue de olho no setor de blockchain, apoiando empresas que inovam no setor.

Fonte: Livecoins

Marketcrypto.com.br: Livecoins

EnglishGermanPortugueseRussian