Pagamentos em Bitcoin podem ser feitos pelo Telegram

Pagamentos em Bitcoin podem ser feitos pelo Telegram

A partir de agora será possível enviar Bitcoin pelo aplicativos de mensagens Telegram.

Isso porque a fintech Zro Bank lançou um serviço de banco digital que integra operações em reais e em BTC, viabilizando esse tipo de pagamentos.

O aplicativo da Zro Bank está disponível para dispositivos Android e iOS.

Transferência por bate-papo

Conforme noticiou o Valor Investe nesta segunda-feira (21), inicialmente, o banco digital vai permitir a realização de transferências, emissão de boletos e pagamento de contas gratuitamente. 

Apenas as taxas de movimentação de BTC para transferências fora da carteira serão cobradas.

No entanto, a ideia é, futuramente, ampliar o portfólio da carteira. Desta forma, incluindo outros ativos como dólar, euro, ouro e outras criptomoedas

Segundo a Zro Bank, o serviço fornecerá uma rápida conversão de reais para Bitcoin. Além disso, o diferencial vai ser a possibilidade de enviar pagamentos através de um chat integrado ao Telegram. 

Assim, na prática, o usuário da conta digital poderá transferir recursos por meio de um bate-papo.

Nesse sentido, a expectativa da fintech é que os clientes criem grupos “no chat com propósitos financeiros”. Com isso, facilitando a cobranças e os pagamentos quase imediatos, como o aplicativo chinês WeChat já permite.

Introdução para os criptoativos

O diretor técnico da Zro Bank, Marco Carnut, ressaltou que os clientes também podem comprar criptomoedas pelo aplicativo:

“O app serve como uma carteira; o usuário pode converter seu saldo em reais para criptomoedas e armazená-las de forma segura, sem se preocupar com questões que tornavam a experiência complicada”.

Carnut observou que, para compras de criptomoedas, a cotação de referência é a da exchange Bitblue.

Cartão de débito Visa

A conta da Zro Bank disponibiliza também aos seus usuários um cartão de débito físico e virtual de bandeira Visa, sem custos.

A fintech ainda anunciou que pretende lançar um cartão de crédito próprio com cashback em Bitcoin e transferências internacionais.

Integração com o PIX

O banco digital informou ainda que já está aprovado para aderir ao sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central, o PIX.

Assim, os usuários poderão fazer transações instantâneas através da conta digital usando, por exemplo, um QR Code.

Leia também: Forbes: Bitcoin pode sofrer grande queda até sexta-feira

Leia também: Segurança do PIX é “extremamente frágil”, alerta ex-diretor do Bacen

Leia também: Criptomoedas seguem mercado financeiro tradicional com recente queda

BTC LAST NEWS: Crupto Facil