Organização de combate a fome ingressa na Associação Libra

Organização de combate a fome ingressa na Associação Libra

Uma organização sem fins lucrativos focada em questões globais de combate a fome e a pobreza acaba de ingressar na Associação Libra dias depois da instituição divulgar diversas modificações em seu projeto original.

O mais novo membro do grupo é a Heifer International que destacou o potencial do projeto para ajudar os agricultores pobres a acessar crédito como fator importante para sua entrada na associação.

Em um comunicado publicado nesta segunda-feira, dia 20 de abril, a Heifer informou que em todo o mundo, cerca de 2,5 bilhões de pessoas vivem em famílias que dependem da produção agrícola para sua subsistência. Desta forma, com o aumento da população mundial a demanda pelos bens que produzem só aumentará e o acesso ao crédito é fundamental nesse processo.

“Na Heifer International, trabalhamos com alguns dos agricultores mais pobres do mundo, ajudando-os a aumentar de maneira sustentável a produção e acessar novos mercados  – aumentando suas vendas e receitas. À medida que os agricultores aumentam seus negócios, um dos principais desafios que enfrentam é o acesso ao crédito”, detalhou a organização.

Acesso ao crédito

O grande problema para esses grupos é o acesso ao crédito, já que apenas 10% dos pequenos agricultores conseguem acessá-lo, segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação. Por conta disso, muitas pessoas passam a depender de emprestadores locais de dinheiro, que cobram altas taxas de juros. Além disso, muitas vezes os pequenos agricultores precisam trabalhar longe de suas famílias e enviam dinheiro para casa na forma de remessas, o que gera custos.

“A Associação Libra é uma organização membro independente que desenvolve um sistema de pagamento baseado em blockchain que apoiará a inclusão financeira, a concorrência e a inovação responsável em serviços financeiros. A missão da Associação Libra é permitir um sistema global de pagamentos simples e infraestrutura financeira que capacite bilhões de pessoas em todo o mundo”, destacou o CEO da Heifer, Pierre Ferrari.

A organização disse acreditar que o projeto Libra pode oferecer um sistema financeiro global de menor custo, mais acessível e conectado, que incluirá os desbancarizados.

Reformulação da Libra

Conforme noticiou o CriptoFácil, na semana passada, a Associação Libra anunciou que, em vez de buscar uma stablecoin apoiada por várias moedas fiduciárias em reserva, emitirá várias stablecoins em moeda única. Um token de Libra ainda existirá, mas será um “composto digital” dessas moedas stablecoin de moeda única.

Leia também: Legisladora dos EUA diz que reformulação da Libra não atende às suas preocupações

Leia também: Libra anuncia suporte para moedas digitais de bancos centrais em novo white paper

Leia também: Concorrente da Libra, Celo concede subsídios iniciais

BTC LAST NEWS: Crupto Facil