Número de carteiras acumulando Ethereum aumenta durante valorização

Número de carteiras acumulando Ethereum aumenta durante valorização

O “HODL” é o termo em inglês para descrever o acúmulo de criptomoedas visando a valorização de longo prazo.

Porém, quando se pensa em HODL, o Bitcoin (BTC) é a primeira criptomoeda que vem na cabeça da maior parte dos investidores.

Aliás, verdade seja dita: para muitos desses investidores, o BTC é a única opção de HODL possível.

No entanto, há espaço para o acúmulo de outras criptomoedas no mercado. Atualmente, há que acredite não fazer sentido o “maximalismo do Bitcoin“, conforme defende Vitalik Buterin.

Muitos recorrem ao Ethereum (ETH), por ser a maior altcoin em termos de valor de mercado.

Consequentemente, o número de investidores que estão fazendo HODL de ETH acaba de bater o seu recorde histórico.

Número de endereços contendo ao menos 10 ETH
Número de endereços contendo ao menos 10 ETH

Acúmulo de Ethereum bate recorde histórico

No gráfico, está representado o número de endereços que contêm 10 ou mais ETH.

Logo, é possível reparar que a estatística está mais elevada do que nunca. Isso indica que o interesse dos investidores no preço do Ethereum a longo prazo está aumentando.

Por esse motivo, eles estão acumulando cada vez mais ETH, ao invés de negociá-lo no curto prazo.

Vale ressaltar que 1 ETH vale US$ 384, no momento da escrita desta matéria. Na cotação em Real, o ETH está custando R$ 2.110,00.

Ademais, a valorização do ETH, quando cotada em Reais, é de 301% em 2020. A criptomoeda abriu o ano cotada a pouco mais de R$ 500.

Como o gráfico mostra a quantidade de endereços com 10 ou mais ETH, o cálculo é diferente.

Assim, esses endereços contêm ao menos R$ 21.100, um investimento significativo em uma altcoin.

Gráfico com a receita média dos mineradores de ETH

Interesse em ETH aumenta a curto e longo prazo

Devido à valorização recente, o Ethereum tem atraído bastante interesse da comunidade cripto.

Por esse motivo, o número de transações que envolve a criptomoeda disparou nas últimas semanas.

Uma das consequências desse aumento é o encarecimento das transações de ETH, conforme mostra o gráfico da Glassnode.

Desta forma, mais de 42% do lucro dos mineradores de ETH advém dessas taxas atualmente.

Além disso, outro dado interessante é o volume de ETH movido pela última vez, no período de 7 a 30 dias. Também segundo dados da Glassnode, essa quantidade é a maior em um período de oito meses.

Leia também: Ethereum romperá US$ 400 em breve, segundo traders profissionais

Leia também: Maximalistas de Bitcoin estarão do lado errado da história, afirma criador do Ethereum

Leia também: Bitcoin romperá os R$ 70 mil em breve, acreditam especialistas

BTC LAST NEWS: Crupto Facil