Moeda digital brasileira ganha apoio de Roberto Justus

Moeda digital brasileira ganha apoio de Roberto Justus

As moedas digitais e a tecnologia nelas empregadas começam a ganhar espaço no país, fazendo parte da rotina das pessoas e das empresas. Assim, iniciativas bem-sucedidas neste segmento começam a ganhar o apoio de fundos de investimentos.

É o caso da WiBX, moeda digital brasileira que promove o marketing entre varejistas e consumidores. Nessa semana, a WiBX fechou uma parceria com fundos de investimento, bem como com um grupo de executivos ligados ao setor de varejo.

Squadra Ventures (do gestor Guga Stocco), Treecorp Investimentos (que tem como sócio Roberto Justus) e os executivos Eduardo Terra (presidente da SBVC), Cristiano Melles (presidente da ANR) e Caio Mesquita (Presidente da Acta Holding) se juntaram ao grupo de parceiros.

O grupo já conta com o ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) como parceiro tecnológico.

WiBX ganha apoio de Roberto Justus

Roberto Justus ocupará uma cadeira no conselho consultivo da WIBX para auxiliar na aceleração da operação e garantir a escalabilidade do negócio.

Dessa forma, ele pretende auxiliar tanto no desenvolvimento de estratégias quanto no relacionamento com potenciais clientes e parceiros. 

“A parceria com a Squadra Venturese com a Treecorp reforça o nosso compromisso de entregar a melhor solução de marketing digital e relacionamento para as empresas com a tecnologia blockchain. Com esse apoio, podemos ampliar nossa participação e proporcionar mais vantagens nas relações de troca entre empresas e consumidores”, afirma Pedro Alexandre, fundador e CEO da WiBX. 

A WiBX tem um plano arrojado de crescimento e pretende atrair cada vez mais usuários para sua plataforma. O principal objetivo é dobrar a base de usuários até o fim de 2020 – atualmente, são mais de 160 mil usuários cadastrados.

Além disso, a média atual é de R$ 1,5 milhão negociados, com picos de R$ 10 milhões. 

“Depois de analisarmos a WiBX acreditamos que ela tem uma tecnologia diferenciada, uma grande base de usuários cadastrados e com o nosso apoio tem bastante potencial de ampliação de utilização em outras frentes no segmento de consumo e varejo,” afirma Roberto Justus

O que é WiBX?

WiBX é uma moeda digital que promove um programa de marketing entre as empresas e seus consumidores. O projeto foi criado pela startup Wiboo há 6 anos e, em 2017, passou a funcionar com a tecnologia blockchain.

Em sua plataforma, as empresas criam um ambiente on-line para divulgarem anúncios de seus produtos e serviços, permitindo que os usuários possam compartilhá-los em suas redes sociais.

Assim, é possível trocar os likes obtidos pelo compartilhamento de anúncios de seus parceiros em dinheiro e/ou produtos aos consumidores.  

São duas frentes de atuação. No caso do varejo, o lojista parceiro cria o ambiente do negócio na plataforma da WiBX.

Depois, desenvolve um anúncio de seus produtos ou serviços e, a partir daí, estimula o engajamento. Isto é, disponibiliza para que a base de clientes possa distribuir em suas redes sociais pessoais.  

Já o consumidor interessado em participar deve se cadastrar de forma gratuita para abrir sua wallet (carteira digital) e receber as moedas digitais.

Na plataforma ele também visualiza todos os anúncios disponíveis e escolhe quais deseja compartilhar em suas redes (WhatsApp, Facebook e Twitter).

A cada like ou compartilhamento, ele ganha um determinado valor da WiBX, que pode ser trocado por produtos e serviços dos lojistas ou negociada no Mercado Bitcoin por reais.  

A WiBX é a primeira criptomoeda nacional a ser listada no Mercado Bitcoin, a maior exchange da América Latina.

Ademais, é a primeira moeda digital nacional voltada ao varejo, podendo ser usada no dia a dia das pessoas.

Mais informações, acesse o site oficial do projeto em: www.wibx.io.  

Leia também: Bitcoin pode cair com venda de R$ 9 bilhões em BTC da Mt. Gox

Leia também: Litecoin começa testes com MimbleWimble e prevê lançamento para 2021

Leia também: “Ethereum” terá que informar à justiça sobre criptomoeda da BWA

BTC LAST NEWS: Crupto Facil