Mercado Livre libera compra e venda de Bitcoin no Brasil

Avatar



Marcos Galperin, fundador e CEO do Mercado Livre, anunciou que tanto os usuários do Mercado Livre quanto do Mercado Pago poderão negociar e armazenar criptomoedas em suas plataformas.

Em maio deste ano a empresa já havia comprado 40 milhões de reais em Bitcoin para usá-lo como reserva de valor.

Apesar disso o Mercado Livre não estava mostrando sinais de que aceitaria a criptomoeda conforme Galperin afirmou que as criptomoedas ainda tinham muitos desafios pela frente.

Mercado Livre começa a trabalhar com Bitcoin

O tweet do CEO do Mercado Livre, Marcos Galperin, pegou todos de surpresa nesta segunda-feira (22). Segundo ele, brasileiros já poderão usar criptomoedas tanto no Mercado Livre quanto no Mercado Pago.

“A partir desta semana no Brasil, os usuários do Mercado Livre e Mercado Pago poderão comprar, guardar e vender criptomoedas.”

A notícia também foi confirmada por Osvaldo Gimenez, presidente do Mercado Pago desde 2014. Através de um tweet, ele mostrou como o design da carteira, contendo o campo “Cripto” com o logotipo do Bitcoin.

Mercado Livre e Bitcoin

O CEO do Mercado livre, em diferentes ocasiões, se mostrou um apoiador do Bitcoin e outras criptomoedas, ainda há alguns meses, durante um evento virtual organizado pela empresa, o empresário se referiu ao futuro desses ativos digitais, mas destacou os problemas que, em sua opinião, eles devem resolver.

Em sua apresentação, Galperin falou sobre a importância das criptomoedas, que embora sejam pouco usadas como meio de pagamento, principalmente por conta da facilidade de realizar pagamentos por outros métodos, elas já são uma ótima reserva de valor.

“As criptomoedas vieram para ficar. Elas têm um papel muito importante, não tanto como meio de pagamento, mas como reserva de valor, mas ainda existem muitos desafios que as criptomoedas devem superar, como escalabilidade e uso de energia para ter um planeta sustentável.”

Galperin reconheceu a importância das criptomoedas no mundo. E embora tenha dito que elas “vieram para ficar”, ainda têm uma série de características a resolver para continuar a derrubar barreiras.

Segundo o fundador da empresa, as criptomoedas têm competidores fortes no setor de pagamentos, hoje é muito fácil pagar através de códigos QR ou utilizando outras formas de transferência/bancária pelo celular. Mas “as criptomoedas têm um papel importante em transações internacionais”, segundo Galperin.

Em maio deste ano, o Mercado Livre divulgou em seus balanços a compra de Bitcoin como parte de sua reserva de valor. A compra teria sido realizada no primeiro trimestre de 2021, momento de ampla adoção institucional nas criptomoedas.

Fonte: Livecoins

Marketcrypto.com.br: Livecoins

EnglishGermanPortugueseRussian