Mercado de Bitcoin parece com mercado de alta em 2016, afirma Grayscale

Mercado de Bitcoin parece com mercado de alta em 2016, afirma Grayscale

A alta recente no preço do Bitcoin gerou especulação sobre o futuro da criptomoeda. Para a maior parte dos investidores de Bitcoin, a perspectiva de valor do ativo é positiva.

No entanto, em meio aos otimistas, é necessário ter cautela.

Isso porque as projeções variam muito. Há especialistas que acreditam que o BTC vai bater a sua máxima histórica ainda esse ano.

Em outros casos, os entusiastas acreditam que a máxima só virá nos anos seguintes. De qualquer maneira, os fundamentos do BTC são positivos.

Assim, na opinião da Grayscale, o mercado atual do Bitcoin remete àquele visto em 2016, quando seu preço disparou para a máxima histórica.

Bitcoin lembra o período pré-alta de 2016, diz Grayscale

É importante ressaltar que a análise de mercado da Grayscale se dá em relação ao dólar, que é a moeda de referência para a cotação do BTC.

BTCUSD em 2016

Assim, no gráfico, está colocado o preço do BTC, de março de 2016 até fevereiro de 2017. Como é possível observar, o preço saiu da casa dos US$ 400 dólares, registrados em março, para alcançar quase US$ 800 no meio do ano.

Além disso, no final do ano o preço disparou de vez, passando dos US$ 900 dólares em meados de dezembro de 2016.

No caso, a Grayscale afirma que o mercado atual se assemelha ao que ocorreu em 2016. Isso significa que o preço do BTC pode disparar, além do que já aconteceu nas últimas semanas.

Vale lembrar que o Bitcoin está cotado, no momento desta matéria, a US$ 11.730 – cerca de R$ 65.645.

Motivos que justificam a analogia com o mercado de 2016

Para a Grayscale, alguns fatores justificam o otimismo dos investidores com o preço do Bitcoin:

  • Estímulos financeiros dos Bancos Centrais, através da injeção de liquidez nas economias de vários países;
  • Entrada de investidores tradicionais no mercado do Bitcoin, como aconteceu com Paul Tudor Jones;
  • Utilização do BTC como proteção contra a inflação provocada pela expansão monetária.

A própria Grayscale, que é uma empresa de investimento em ativos digitais, chamou a atenção dos entusiastas de Bitcoin recentemente.

O motivo foi a compra massiva de Bitcoins pela empresa em 2020. Informações do final de junho dão conta de uma compra de 53.588 BTC.

Desse modo, a empresa investiu, no mínimo, R$ 3,5 bilhões em BTC nos últimos meses.

Agora, é necessário ver se as expectativas da Grayscale a respeito do Bitcoin vão se confirmar.

Leia também: Altcoin passa preço do Bitcoin ao atingir R$ 74.000

Leia também: 10.000 BTC foram a leilão por R$ 100 e ninguém se interessou

Leia também: Ministério da Economia questiona obrigação de informar transações com Bitcoin à Receita Federal

BTC LAST NEWS: Crupto Facil