Mais velhos tiveram mais facilidades, afirma autor de “Pai Rico, Pai Pobre”

Mais velhos tiveram mais facilidades, afirma autor de "Pai Rico, Pai Pobre"

No debate entre as diferentes gerações, é comum discutir sobre as dificuldades de cada época.

Geralmente, para os mais velhos, o passado foi mais difícil. Por outro lado, os mais novos consideram que o tempo presente é mais desafiador.

Para Robert Kiyosaki, autor de “Pai Rico, Pai Pobre”, a resposta é simples. Na opinião dele, a geração atual tem um cenário econômico pior do que os mais velhos enfrentaram no passado.

Geração dos “boomers” teve tudo mais fácil

Em seu perfil no Twitter, Robert Kiyosaki publicou:

Robert Kiyosaki sobre a diferença entre as gerações
Robert Kiyosaki sobre a diferença entre as gerações

“Os BOOMERS viveram em uma época fácil. Abundância de empregos, custos baixos de aquisição de imóveis e mercado de ações em alta. Os MILLENNIALS têm tudo mais difícil. Atentado das torres gêmeas, a crise de 2008 e agora o COVID-19. Boa notícia: os millennials gostam de tecnologia. Os boomers não. As tecnologias do blockchain e do Bitcoin estão dando aos millennials uma boa largada para o futuro.”

Além de escrever o best-seller sobre finanças, Kiyosaki é conhecido por ser um grande entusiasta do Bitcoin.

No entanto, a sua visão sobre a diferença entre as gerações vai contra o que é dito usualmente nesse tipo de discussão.

Vale ressaltar que o termo “boomers” designa os nascidos nas décadas de 1950 e 1960 nos Estados Unidos (EUA). Enquanto isso, a geração dos “millennials” é aquela nascida entre os anos 1980 e o final da década de 1990.

Nos EUA, a disputa entre os boomers e os millennials é comum. Os boomers criticam a ligação exagerada dos mais novos com a tecnologia. Os millennials, por sua vez, ironizam a falta de habilidade dos mais velhos com a tecnologia.

Naturalmente, ambas as visões não passam de uma generalização sobre cada um desses grupos.

Conflito de gerações

No debate público, há espaço para defender as duas hipóteses sobre as dificuldades e facilidades de cada geração.

Contudo, na realidade, cada uma delas enfrentou – e enfrenta – desafios diferentes.

Antigamente, o mercado de trabalho não era tão disputado e havia menos burocracia para se conseguir um emprego. Isso motivava grande parte da população a começar a trabalhar mais cedo, buscando experiência.

Atualmente, as pessoas tendem a investir em educação antes de procurar o primeiro emprego.

Ademais, a automatização de várias tarefas diminuiu o espaço dos trabalhadores da indústria, embora tenha aberto caminho para as carreiras que mexem com a tecnologia.

No campo financeiro, as oportunidades também são diferentes. Anteriormente, o mercado de ações era capaz de prover uma boa renda, através da valorização das ações e dos dividendos.

Agora, a margem de lucro das ações diminuiu. Entretanto, o mercado de Bitcoin e outras criptomoedas apresenta novas chances de investimentos e soluções financeiras a todas as gerações.

Leia também: Antigo crítico do Bitcoin muda de ideia: “você vai precisar de pelo menos 1 BTC”

Leia também: Criptomoedas têm futuro global? Escalabilidade e taxas mostram que estamos longe disso

Leia também: Gate.io é supostamente invadida pela polícia após listar token DeFi

BTC LAST NEWS: Crupto Facil