Maiores “ricaços” do Bitcoin são listados por pesquisa

Maiores "ricaços" do Bitcoin são listados por pesquisa

Uma empresa chamada Blockchain Center reuniu dados sobre alguns dos maiores “hodlers” de Bitcoin do mundo. O levantamento foi divulgado na quarta-feira (9).

A lista completa é dividida em dados agregados e específicos. Os primeiros trazem números interessantes sobre Bitcoins nas mãos de exchanges e nas chamadas “carteiras zumbi”.

As últimas são endereços cujos Bitcoins podem estar perdidos para sempre.

Já os endereços específicos incluem carteiras como a dos gêmeos Winklevoss, da Grayscale e até mesmo de golpes como a PlusToken.

Exchanges e endereços “zumbis” predominam

A lista começa com 2,6 milhões de Bitcoins. Esse é o número estimado de criptomoedas nas carteiras de exchanges (cada quadrado representa 1.000 Bitcoins). As exchanges possuem a maior quantidade de Bitcoins armazenados.

Bitcoins armazenados
Bitcoins armazenados

Em segundo lugar na lista estão as “carteiras zumbis”. Segundo a Blockchain Center, esses são endereços que não registram movimentação há muito tempo. Por isso os Bitcoins armazenados podem estar perdidos para sempre.

A tabela mostra que pelo menos 1,5 milhão de Bitcoins estão nessa lista. O número inclui as carteiras que estariam sob controle de Satoshi Nakamoto, representando 1,1 milhão desse total.

Bitcoins armazenados
Bitcoins armazenados

Grayscale lidera acumuladores individuais

Chegando na lista de carteiras individuais, que reúnem endereços com donos específicos. Nesta categoria, a Grayscale lidera a lista. Seu fundo Bitcoin Trust conta com 406 mil Bitcoins.

A empresa tem sido uma das que mais captaram Bitcoins em 2020. Em um determinado momento, ela chegou a captar 10 mil Bitcoins diariamente.

Bitcoins armazenados
Bitcoins armazenados

Já as carteiras associadas ao PlusToken contam com 200 mil Bitcoins. O esquema chinês é considerado o maior esquema de pirâmide com Bitcoin em toda a história.

Recentemente, os principais líderes da organização foram presos na China.

Winklevoss e Draper marcam presença na lista

Bitcoins armazenados
Bitcoins armazenados

Por fim, há três investidores individuais na lista. Os dois primeiros são os gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss, que possuem 150 mil Bitcoins.

Os dois começaram sua história no mercado de criptoativos em 2013 e estão entre os mais ricos bilionários de Bitcoin cuja identidade é conhecida.

Bitcoins armazenados
Bitcoins armazenados

Por fim, temos o investidor Tim Draper, com 30 mil Bitcoins. Draper é um grande entusiasta da criptomoeda.

Em março de 2019 ele chegou a aconselhar Maurício Macri, então presidente da Argentina, a utilizar o Bitcoin como moeda oficial do país.

Bitcoins armazenados
Bitcoins armazenados

Leia também: Bitcoin pode valorizar com ações da União Europeia

Leia também: Antigo crítico do Bitcoin muda de ideia: “você vai precisar de pelo menos 1 BTC”

Leia também: Criptomoedas são menos usadas em crimes do que dinheiro, afirma SWIFT

BTC LAST NEWS: Crupto Facil