Jack Dorsey, CEO do Twitter, executa nó do Bitcoin

Jack Dorsey, CEO do Twitter, executa nó do Bitcoin

O fundador do Twitter e CEO da Square, Jack Dorsey, começou a executar um nó (full node) de Bitcoin. A notícia foi divulgada pelo próprio Dorsey em sua conta no Twitter.

A mensagem foi apresentada de forma simples aos mais de 5 milhões de seguidores do empresário. “Executando Bitcoin”, disse.

Fundador do Twitter divulga seu nó em operação
Fundador do Twitter divulga seu nó em operação. Fonte: Jack Dorsey/Twitter

A mensagem faz referência a Hal Finney, que divulgou o mesmo texto em 11 de janeiro de 2009. Finney foi a segunda pessoa no mundo a rodar um nó de Bitcoin, oito dias após o surgimento da criptomoeda.

Essa referência foi ressaltada pelo perfil Cryptograffiti, artista que produz obras focadas em criptomoedas. Em resposta a Dorsey, o artista postou um retrato criado por ele em homenagem a Finney.

Artista homenageia Hal Finney em mensagem de Dorsey
Artista homenageia Hal Finney em mensagem de Dorsey. Fonte: Cryptograffiti/Twitter.

Dorsey executou seu nó em um computador Apple, que usa o chip M1 mais recente. Esse chip é um processador de alto desempenho, permitindo aplicativos mais rápidos usando menos energia.

Ao que parece, este é o primeiro nó de Bitcoin de Dorsey. Um dos poucos comentários respondidos por ele foi da Umbrel, empresa que busca simplificar a criação de nós.

Ela perguntou se ele configuraria o nó em um Raspberry Pi, considerado uma configuração mais complexa. Ao que Dorsey respondeu: “Começando do zero, criando primeiro no M1.”

Dorsey e Umbrel falam sobre tipos de nós
Dorsey e Umbrel falam sobre tipos de nós. Fonte: Umbrel/Twitter.

O que é um nó de Bitcoin?

Um nó de Bitcoin – também chamado nó completo – é um software que executa o blockchain de Bitcoin. Ao contrário da mineração, qualquer computador pode executar um nó completo.

Esse software armazena todas as transações já feitas na rede Bitcoin e verifica se todas são transações válidas. Ele também permite que alguém crie transações e as envie para a rede.

Os nós são a forma mais segura de utilizar a rede do Bitcoin. Ao fazer o download do software, o usuário obtém uma carteira e “ganha” a responsabilidade de ser um dos auditores da rede.

Embora os nós possam ser rodados em qualquer computador, é necessário ter um bom armazenamento. Afinal, a blockchain do Bitcoin já possui mais de 250 GB de tamanho, executada em 7.300 nós ativos na rede.

Leia também: Fundos da Hashdex superam ganhos do Bitcoin em janeiro

Leia também: Criptomoeda DeFi é hackeada e sofre rombo de R$ 14 milhões

Leia também: DeFi tem criptomoedas que podem saltar 100.000%, diz trader

BTC LAST NEWS: Crupto Facil