IRB Brasil e B3 vão criar plataforma em blockchain para seguros

IRB Brasil e B3 vão criar plataforma em blockchain para seguros

A B3 e o IRB Brasil RE, empresa especializada em resseguro, anunciaram nesta segunda-feira (26) uma parceria para a criação de uma rede inédita no Brasil.

Juntas, as empresas vão desenvolver uma plataforma baseada em tecnologia blockchain para o mercado de seguros.

Mais especificamente, a solução é voltada para conectar corretores, seguradoras e resseguradoras em uma rede única.

Assim, a plataforma vai permitir que operações envolvendo contratos de seguros e resseguros sejam realizadas pela internet.

Blockchain para mercado de seguros

Em um comunicado ao mercado e aos acionistas, o IRB informou que a ferramenta deve chegar ao mercado em 2021.

Além disso, explicou que a plataforma baseada na tecnologia blockchain vai dar agilidade aos processos. Segundo o IRB, a plataforma possibilitará concluir, em segundos, processos que hoje podem durar meses.

A companhia destacou que a criação da plataforma será feita em parceria com “uma das principais empresas de infraestrutura de mercado financeiro do mundo”.

Por outro lado, comentou que o projeto poderá estar sujeito à apreciação dos órgãos reguladores. Contudo, isso vai depender do desenvolvimento a ser realizado.

“[A blockchain] aplicada ao setor de seguros e resseguros, possibilitará negociações multilaterais, com segurança, alta velocidade e oferta de informações precisas em tempo real”, destacou o IRB Brasil.

Agilidade, segurança e transparência

A B3, por sua vez, ressaltou que a rede vai viabilizar conciliações, negociações e liquidações de operações de seguros. Segundo a B3, esses processos ocorrerão “de forma veloz, segura e transparente”.

A companhia ainda comentou que a parceria vai de encontro com sua estratégia e tem como objetivo expandir suas soluções:

“Esta parceria está alinhada à estratégia de diversificação dos negócios da B3 e visa a ampliar e fortalecer a oferta de soluções da B3 no mercado de seguros e resseguros, aproximando a experiência de mais de 80 anos do IRB-Brasil RE com o know-how da B3 em conciliação e liquidação financeira de grandes volumes com infraestrutura do mercado financeiro”, acrescentou.

Leia também: Banco Central do Brasil aprova criação de sandbox regulatório

Leia também: Nando Moura zomba de investidores de Bitcoin e vira piada

Leia também: Altcoins “antigas” vão morrer, prevê baleia da Bitfinex

BTC LAST NEWS: Crupto Facil