Homem que perdeu 8.999 BTC em 2010 teria R$ 540 milhões hoje

Homem que perdeu 8.999 BTC em 2010 teria R$ 540 milhões hoje

É comum o conhecimento sobre a valorização do Bitcoin ao longo dos anos. A história mais famosa para ilustrar tal valorização, talvez, é o Pizza Day.

Trata-se do dia em que duas pizzas foram compradas por 10.000 BTC. Contudo, outra história famosa acaba de completar 10 anos.

O dia em que um homem perdeu US$ 600 em BTC, cerca de R$ 1.000 à época. Atualmente, esta quantia equivale a R$ 540 milhões.

8.999 BTC perdidos em 2010

No Reddit, usuários lembraram o fatídico dia em que um homem relatou ter perdido 9.000 BTC no fórum BitcoinTalk.

Um homem comprou 9.000 BTC e transferiu para sua carteira no sistema operacional Linux.

Então, o usuário que se identifica como “Stone Man” afirma que fez o backup de sua carteira em um pendrive.

Feito o backup, Stone Man transferiu 1 BTC para uma carteira própria. Contudo, fechou o cliente antes de qualquer confirmação.

Ao encerrar o dia, ele desligou o computador e limpou o disco. Posteriormente, o usuário ligou novamente o computador para uso.

A carteira que estava no pendrive foi reinserida, porém, Stone Man tinha apenas 1 BTC.

O restante dos 8.999 BTC foram enviados para uma carteira que ele não reconhece. Além disso, sua carteira antiga desapareceu.

Todo o drama vivenciado por Stone Man pode ser verificado na imagem abaixo:

Stone Man narra a perda de seus Bitcoins e pede ajuda
Stone Man narra a perda de seus Bitcoins e pede ajuda

A carteira permanece até hoje com 8.999 BTC, além de algumas transações recebidas de outras pessoas que prestaram “homenagem” ao ocorrido.

Endereço com os 8.999 BTC de Stone Man
Endereço com os 8.999 BTC de Stone Man

É importante ressaltar que, à época, não haviam as “seeds” das carteiras. Caso o arquivo “wallet.dat” fosse perdido, todas as criptomoedas eram perdidas no processo.

O arquivo continua as próximas 100 chaves padrão e, caso o backup fosse antigo demais, não era possível recuperá-las.

É possível ainda que a transação tenha ocorrido em uma época em que nem sequer haviam as 100 chaves padrão. Nesse caso, o backup do arquivo wallet.dat era necessário após cada transação.

Usuários do Reddit falam sobre suas experiências

Nos comentários do Reddit, usuários brincam com o ocorrido. Um deles, ao falar do endereço, fala que “é como olhar a felicidade por trás de uma parede de vidro”.

Outros contam suas próprias históricas. Um usuário identificado como Saik0Shinigami dividiu:

“Eu tinha um pendrive de 80GB de 2011 em algum lugar. Eu estava minerando em um par de HD7970s [GPU da AMD] à época freneticamente. Então, eu parei, porque eu não acreditava no Bitcoin, eu estava mais interessado no processo na época. Tantas criptomoedas perdidas, eu não faço ideia de onde foi parar aquele pendrive.”

O usuário joesci também falou sobre sua experiência:

“Eu fiz algo parecido em 2011. Eu coloquei no lugar errado uma carteira com 40 BTC. Uma vez por ano eu acabou procurando de novo no HD, esperando encontrá-la escondida em algum lugar. Nunca encontrei.”

Casos como esse ilustram os 4 milhões de Bitcoins perdidos até hoje.

Leia também: Bitcoin e criptomoedas são tema de programa da TV Justiça

Leia também: Volume de troca do Bitcoin bate recordes no Brasil e Argentina

Leia também: Chainlink valoriza e supera Bitcoin em volume de negociações

BTC LAST NEWS: Crupto Facil