Hackers movimentam R$ 145 milhões roubados da Bitfinex

Hackers movimentam R$ 145 milhões roubados da Bitfinex

Novas movimentações dos Bitcoin roubados da exchange Bitfinex começaram a ocorrer recentemente. É o que revela uma série de mensagens do perfil Whale Alert no Twitter.

O perfil mostra diversas transações rastreadas, com suas origens e destinos. Nas últimas 24 horas, foram pelo menos 7 transações envolvendo carteiras associadas ao roubo.

Segundo o perfil, mais de US$ 26 milhões (R$ 145 milhões) foram movimentados no período. As operações começaram na manhã da quarta-feira (8).

De pequenos valores a altas somas

A maior parte das transações foram espalhadas durante o dia. Quase todas foram movimentadas para endereços desconhecidos.

Algumas delas foram de valores menores. Esta, por exemplo, movimentou pouco mais de três Bitcoins (R$ 201 mil):

Uma segunda transação, realizada mais cedo, movimentou pouco mais de oito Bitcoins (R$ 487 mil):

Porém, a maior parte dos valores transferidos ficou entre 391 e 455 Bitcoins. A transação abaixo, por exemplo, moveu 391 Bitcoins, ou pouco mais de US$ 4,1 milhões (R$ 23 milhões):

Outra transação moveu 431 Bitcoins (R$ 26 milhões):

Por fim, a maior transação entre as sete movimentou 455 Bitcoins (R$ 27 milhões):

Entenda o caso

O roubo à Bitfinex foi um dos maiores ataques a exchanges de criptomoedas da história.

Em agosto de 2016, ocorreu uma violação de segurança na Bitfinex. Hackers se aproveitaram da falha e conseguiram roubar mais de 120 mil Bitcoins (no valor de aproximadamente R$ 6,7 bilhões hoje).

Essas foram as segundas movimentações de fundos oriundos do roubo. O Whale Alert já havia identificado movimentos semelhantes em julho.

Na ocasião, foram cerca de 28 Bitcoins (R$ 1,4 milhão à época) movimentados por um dos endereços. Dos R$ 6,7 bilhões roubados, estima-se que ainda restam R$ 400 milhões a ser recuperados.

Em agosto, a Bitfinex anunciou uma recompensa para quem ajudasse na recuperação dos fundos. O valor oferecido pode chegar a US$ 400 milhões (R$ 2 bilhões) caso todos os Bitcoins restantes sejam devolvidos.

O pagamento foi oferecido tanto para pessoas que dessem informações quanto para os hackers autores do roubo.

Leia também: Chefe de pirâmide que “faliu uma cidade inteira” é alvo de operação em SP

Leia também: PIX pode facilitar extorsão e descumprimento de leis, diz advogado

Leia também: John McAfee é preso por ganhar R$ 126 milhões com ICOs

BTC LAST NEWS: Crupto Facil