Hacker pede 5 Bitcoins para liberar servidores de prefeitura em São Paulo

Hacker pede 5 Bitcoins para liberar servidores de prefeitura em São Paulo

Servidores e computadores da Prefeitura de Tupã, município localizado no interior do estado de São Paulo, foram invadidos no último sábado (24).

Agora, os hackers estão pedindo um resgate de 5 Bitcoins — quase R$ 380 mil — para liberar o acesso aos sistemas.

Sistemas estão inoperantes

De acordo com o portal local Tupã City, os hackers criptografaram os servidores da Prefeitura, inutilizando praticamente todos os sistemas em operação. Dentre eles os sistemas de educação, saúde, recursos humanos e tributos.

A mensagem deixada pelo hacker pedindo o resgate em criptomoedas diz:

“Seus arquivos foram criptografados. Não se preocupe, você pode recuperar todos os seus arquivos. Se você quiser restaurá-los, siga este link. Se você não for respondido pelo link em 12 horas, escreva para nós por e-mail.”

Hackers demandam "resgate". Fonte: Tupã City
Hackers demandam “resgate”. Fonte: Tupã City

Ainda segundo o portal Tupã City, a prefeitura da cidade já registrou um boletim de ocorrência e está trabalhando em parceria com a Polícia Civil para tentar identificar os criminosos.

Além disso, o setor de tecnologia da Prefeitura de Tupã segue trabalhando para tentar minimizar os danos sofridos.

No que diz respeito aos dados do Sistema de Saúde, a Prefeitura informou que os dados recuperáveis mais recentes são do dia 1º de outubro.

Ou seja, os dados existentes desde a referida data o momento da escrita desta matéria foram perdidos definitivamente.

Dessa forma, será necessária uma força tarefa para relançar esses dados nos servidores quando forem restaurados. 

Outros casos

A invasão de sistemas públicos parece estar virando mora. Isso porque outros portais de órgãos públicos já foram alvos de hackers que pedem “resgate” em criptomoedas.

Antes da Prefeitura de Tupã, em junho deste ano, a Prefeitura do Rio de Janeiro foi invadida por hackers.

Os cibercriminosos pediram uma quantia não revelada em Bitcoin para devolver o acesso ao sistema.

Mais recentemente, conforme noticiou o CriptoFácil, foi a vez do site da Câmara Municipal de Taquaritinga (SP) sofrer um ataque.

Na ocasião, os invasores pediram um resgate de R$ 100 mil em Bitcoin para liberar o site.

Leia também: Clientes da Ledger são alvo de golpes com e-mail falso

Leia também: Protocolo DeFi é supostamente hackeado e perde R$ 140 milhões

Leia também: Ethereum e XRP vão disparar nos próximos dias, prevê importante trader

BTC LAST NEWS: Crupto Facil