Ethereum vai atualizar mainnet no final de outubro

Avatar



A Rede Ethereum oficializou que vai efetuar a atualização Altair de sua mainnet no dia 27 de outubro. Em comunicado divulgado na terça-feira (5), a rede pediu a todos os colaboradores que fiquem online durante o processo para garantir que tudo saia conforme o previsto.

Segundo o desenvolvedor do Ethereum Danny Ryan, este é mais um passo para acabar com o processo de mineração através do algoritmo de prova de trabalho (proof-of-work, PoW). Depois o mecanismo será substituído pela Prova de Participação (proof-of-stake, PoS), ainda sem prazo definido para acontecer.

“Esta atualização traz suporte ao cliente leve para o consenso central, limpa a contabilidade de incentivos do estado do beacon, corrige alguns problemas com incentivos do validador e aumenta os parâmetros punitivos de acordo com a EIP-2982”.

 

Para serem compatíveis com a atualização Altair, os operadores da rede e validadores devem atualizar sua versão do cliente. Isto é necessário para manter a conectividade na nova mainnet. Não fazer isso pode resultar em penalidades por tempo de inatividade.

A atualização Altair será a primeira na Beacon Chain da rede a ter 64 fragmentos e marcam mais um passo em direção ao Etherum 2.0. Depois da fase 1 Deve ocorrer a consolidação dos fragmentos que serão incorporados ao blockchain.

Ethereum corre para abandonar o PoW

A atualização Altar é considerada uma das mais importantes desde dezembro de 2020, quando o bloco gênese do Beacon foi criado. O objetivo dessa rede paralela é registrar informações até as etapas do novo processo serem concluídas. Só assim a interrupção do registro das informações no blockchain durante os testes de transição poderá ser evitada.

A rede Ethereum lembra que a atualização representa um “aquecimento de baixo risco” para preparar os desenvolvedores do Beacon Chain para o próximo passo, quando o Ethereum fará a transição do mecanismo de consenso de prova de trabalho (PoW) para prova de aposta (PoS), uma das prerrogativas para a futura atualização do Ethereum 2.0.

Os validadores que não atualizarem não poderão participar do novo mecanismo de consenso e também correrão o risco de sofrer cortes e pagar penalidades.

Como a atualização afeta apenas o mecanismo de consenso na Beacon Chain, ela não afetará os usuários finais da atual blockchain de prova de trabalho da Ethereum.

A rede também dobrou o bônus de recompensa para caçadores de bugs  até o 27 de novembro como forma de encorajar caçadores a descobrirem eventuais falhas na atualização.

Por que “Altair”?

Após conversas e votações de emojis na comunidade, as equipes decidiram usar nomes de estrelas para cada atualização, onde a sequência de nomes estarão em ordem alfabética.

Altair é um nome de origem árabe que significa “aquele que voa” e é a estrela mais brilhante da constelação da Águia e a 12ª estrela mais brilhante no céu noturno.

 

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian