Ethereum 2.0 fica mais próximo com proposta para mudar a rede

Ethereum 2.0 fica mais próximo com proposta para mudar a rede

A tão esperada transição para Ethereum 2.0 está próxima de acontecer. Nesta quarta-feira (16), foi apresentada a proposta oficial que muda o sistema de mineração.

Intitulada EIP 2982, ela foi criada por Danny Ryan, desenvolvedor da Fundação Ethereum. Agora, a proposta segue para análise da comunidade no GitHub.

Mudança de mineração

A Proposta de Melhoria do Ethereum (EPI, na sigla em inglês) propõe a mudança do mecanismo de consenso do Ethereum.

Com isso, a rede adotaria o sistema de prova de participação (PoS) a partir do algoritmo de prova de trabalho (PoW) atual.

Depois do período de análise, a proposta terá que ser aprovada pelos desenvolvedores principais do Ethereum.

Caso ela seja aceita, terá início a “fase 0” da Serenity, também conhecida como Beacon Chain. Essa fase marcará a execução do PoS.

Espera-se que ela seja lançada ainda este ano ou no início de 2021.

A Beacon Chain será apresentada com o conceito de “sharding”. Esse conceito resolverá o problema de escalabilidade do Ethereum sem comprometer a segurança e a descentralização da rede.

O início de fases futuras

A “fase 0” é apenas a primeira etapa de uma implementação em vários estágios do Ethereum 2.0. Conforme adiantou o CriptoFácil, as outras fases devem ser executadas pelo menos até 2021.

No mesmo ano, o Ethereum 2.0 deverá ser oficialmente lançado.

De modo geral, o Ethereum 2.0 está sendo desenvolvido para melhorar a “simplicidade, resiliência, longevidade, segurança e descentralização” do blockchain.

A primeira versão de testes foi liberada em julho e foi intitulada de Medalla. Nessa versão, os usuários podem rastrear e começar a fazer depósitos na rede por meio de múltiplos clientes.

O objetivo era testar os novos mecanismos de segurança da rede. Porém, uma falha foi encontrada poucos dias após o lançamento.

A falha ocorreu no chamado “clock skew”, um desvio entre o tempo do bloco e o tempo normal. Sua ocorrência fez com que o verificador falhasse em sincronizar com o bloco.

Tal erro acabou afetando o funcionamento normal do Medalla.

Leia também: Mais de 15% de todo Ethereum está em DeFi, revela relatório

Leia também: Representante da MakerDAO: taxas do Ethereum preocupam a comunidade

Leia também: Criptomoeda oferece dinheiro para quem cumpre desafios na vida real

BTC LAST NEWS: Crupto Facil