Empresas de Bitcoin são autorizadas a ofertar o PIX

Empresas de Bitcoin são autorizadas a ofertar o PIX

O Banco Central do Brasil (Bacen) aprovou 762 instituições financeiras para ofertarem seu novo ecossistema de pagamentos instantâneos, o PIX.

Entre elas estão duas empresas que oferecem serviços com criptomoedas, como a Zro Bank e a Atar Pay.

Por outro lado, empresas como PayPal, AliPay e Banco XP estão fora da lista do Bacen. Portanto, não poderão ofertar o PIX. Ao menos nesse primeiro momento.

762 instituições aptas ao PIX

Segundo comunicado pelo Bacen nesta quinta-feira (22), o processo de adesão de instituições ao PIX finalizou no dia 16 de outubro.

A lista de instituições aptas a ofertarem o serviço de pagamentos inclui os bancos tradicionais, instituições financeiras e de pagamentos, fintechs e outras.

De acordo com o Bacen, essas instituições finalizaram as etapas cadastral e homologatória e concluíram os testes.

Assim, estão em conformidade com os requisitos definidos e prontas para ofertar o PIX de forma segura.

“A quantidade e a diversidade das instituições que estão aptas a ofertar o PIX reforçam o caráter aberto e universal do arranjo de pagamento, evidenciam a grande competitividade que o PIX traz ao mercado e demonstram o forte engajamento dos diversos agentes para a adoção do PIX”, destacou o Banco Central na publicação.

Empresas de criptomoedas

O CEO da Zro Bank, Edisio Pereira Neto, destacou que a empresa vem investindo bastante nos 3 principais pilares do Banco Digital: Câmbio, Cripto e Pagamentos Digitais. 

“O PIX é extremamente estratégico para nosso projeto e é a ferramenta ideal para permitir que o brasileiro possa pagar qualquer coisa com criptomoedas usando a wallet do Zro Bank e lendo o QR Code de todas as maquininhas e todo o mercado que a partir de agora estarão conectados ao PIX.”

Já Orlando Purim Junior, CEO da Atar, observou que as duas linhas de negócio, a Atar B2B e a Atar Pay, foram autorizadas a ofertar o PIX.

“O PIX vai revolucionar o mercado de pagamentos. Em pouco tempo todo o mercado estará utilizando esta nova forma de pagamento. A Atar será importante nesta adoção pois com nossas soluções de BaaS (Banking as a Service), possibilitamos que exchanges e outras empresas utilizem PIX. E, inclusive, ofereçam esse serviço aos seus usuários, assim como a emissão de cartões, contas com número de banco, agência e conta e diversos serviços financeiros e de pagamento. A conta Atar Pay também terá o PIX liberado para todos seus usuários”, disse o CEO com exclusividade ao CriptoFácil.

XP, PayPal e Alipay fora

Entre as instituições que não entraram na lista de aprovadas estão o Paypal e o Alipay, sistema do grupo Alibaba.

De acordo com a Reuters, essas instituições não receberam aprovação por não estarem aptas para ofertarem o PIX.

Há ainda casos de instituições que pediram para ser excluídas, como foi o caso do Banco XP. A empresa optou por não continuar no processo.

Entretanto, isso não quer dizer que essas empresas estarão impedidas permanentemente de ofertar o PIX.

Isso porque, a partir do dia 1º de dezembro de 2020, o processo de adesão será reaberto de forma permanente.

Leia também: Bilionário compara: “ter Bitcoin é como investir cedo no Google ou na Apple”

Leia também: Funcionários do PayPal não sabem que Bitcoin pode ser fracionado

Leia também: TraderCaps: cápsula para day traders vira piada na internet

BTC LAST NEWS: Crupto Facil