Empresa revela quais criptoativos recebem mais investimentos

Empresa revela quais criptoativos recebem mais investimentos

Dan Morehead, CEO da Pantera Capital, revelou algumas dos maiores investimentos feitos em criptoativos na empresa.

Em uma entrevista recente para a Thinking Crypto, Morehead, disse que as maiores alocações da empresa são em Bitcoin, seguido por Ethereum.

Não são as únicas

Além das duas principais criptomoedas do mercado, Morehead ainda afirmou que possui posições significantes em Polkadot, Filecoin, Augur e 0x. Apesar disso, não informou a proporção e nem o valor dos investimentos.

Ele ainda afirmou que supervisiona pessoalmente e investe os US$ 600 milhões da Pantera em criptoativos.

Além de ter o controle sobre a estratégia de investimento da empresa, Morehead afirmou estar otimista com o Bitcoin e observou que a principal criptomoeda tem um aumento médio de 200% ao ano, apesar dos altos e baixos.

Falhas do halving

Ele argumentou que a ineficiência do mercado falhou em precificar adequadamente o impacto do halving do Bitcoin. Na entrevista, ele explicou:

“Nos dois últimos halvings, houve impulsos positivos muito claros. Eles começaram cerca de um ano e um trimestre antes do halving e duraram cerca de 440 dias após o evento.”

Em seguida, o CEO continuou explicando a diferença do halving de 2020 para os anteriores.

“O que normalmente acontece é que os mercados sobem um pouco durante o halving e, ao longo dos próximos 440 dias, eles sobem uma tonelada.”

Previsão para 2021

O CEO da Pantera Capital lançou uma previsão bastante ousada para o preço do Bitcoin. Ele afirmou que o criptoativo pode iniciar uma trajetória de alta para mais de US$500.000 (R$ 2,5 milhões, em valores atuais) em agosto de 2021.

Morehead fez os comentários em uma carta aos investidores divulgada em 30 de abril. A carta analisava o desempenho do Bitcoin antes do halving e comparava esse desempenho com o do ouro, petróleo e investimentos de capital de risco.

“Bitcoin supera o ouro no acumulado do ano.

O Bitcoin nasceu em uma crise financeira. Chegará à maioridade neste.”

Na carta, ele afirmou que:

“Se a história se repetir, o Bitcoin atingirá o pico em agosto de 2021 – em US$ 533.431. Obviamente, esse é um grande SE. Esse preço parece ridículo. Estou apenas dizendo que há mais de 50% a 50% de chances de o Bitcoin subir – e muito.”

Leia também: Buscas por plataformas DeFi apresentam forte crescimento em julho

Leia também: Tokens DeFi superam R$ 50 bilhões em valor de mercado

Leia também: Economistas vêem dólar alto e leve melhora da economia em 2020

BTC LAST NEWS: Crupto Facil