Empresa oferece recompensa por informações sobre reservas da Tether

Avatar



Uma empresa de pesquisa está oferecendo uma grande recompensa por informações que levem a evidências não divulgadas anteriormente sobre as reservas por trás do Tether (USDT).

A empresa de pesquisa financeira forense Hindenburg Research ofereceu uma recompensa de US$ 1 milhão por qualquer detalhe não revelado em torno das reservas do Tether (USDT), a stablecoin mais popular do mundo.

“Temos dúvidas sobre a legitimidade do Tether, então hoje anunciamos o Programa Hindenburg Tether Bounty.”

Na terça-feira (19), a empresa afirmou que, apesar das repetidas reivindicações de transparência do Tether, suas divulgações sobre suas participações foram opacas.

Quais são as reservas do Tether?

A empresa de pesquisa afirmou que, desde que o Tether reivindicou seu status como uma stablecoin, apenas uma parcela das reservas eram lastreadas em dólares americanos, enquanto o restante são baseados em ativos cripto e papéis comerciais emitidos por contrapartes não identificadas.

A Hindenburg está tão interessada em descobrir o que está por trás dessas reservas que está disposta e gastar US$ 1 milhão para ter essa informação.

A empresa citou um artigo do Financial Times de junho que sugeria que as alegações do Tether o tornariam um dos maiores detentores de papel comercial do mundo. O fundador da Hindenburg Research, Nathan Anderson, afirmou:

“Acreditamos fortemente que o Tether deve divulgar total e completamente suas participações ao público. Na ausência dessa divulgação, estamos oferecendo uma recompensa de US$ 1.000.000 a qualquer um que possa nos fornecer detalhes exclusivos sobre as supostas reservas do Tether.”

O USDT tem estado sob crescente fiscalização ultimamente com o presidente da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), Gary Gensler, referindo-se repetidamente ao ativo e às stablecoins em geral como fichas de cassino.

A comunidade cripto também possui desconfiança em relação às reservas, mas o token continua sendo o líder do setor. No final de julho, o conselheiro geral do Tether, Stuart Hoegner, disse que uma auditoria completa das reservas do USDT poderia ser liberada em alguns meses, algo que ainda não se concretizou.

Perspectivas das stablecoins

A oferta de Tether está atualmente em um pico de 70 bilhões de acordo com seu próprio relatório de transparência. Cerca de 36 bilhões, estão na rede TRON, com a maioria do restante na rede Ethereum.

A oferta do USDT cresceu 233% desde o início do ano. Seu principal rival, o USD Coin (USDC) feito pela Circle, tem 32,8 bilhões em circulação e teve um crescimento de 740% desde o início de 2021. A Binance USD (BUSD) é a terceira maior stablecoin, com US$ 13 bilhões em circulação.

O CoinGecko relata que a oferta total de todas as stablecoins juntas é de US$ 133 bilhões e o volume diário de negociação atual é de US  62 bilhões, com 92% desse montante sendo de Tether.

O artigo Empresa oferece recompensa por informações sobre reservas da Tether foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian