El Salvador tem mais de 200 caixas eletrônicos de BTC

Avatar



El Salvador agora tem mais de 200 caixas eletrônicos de Bitcoin (BTC) instalados, o que deve ajudar a impulsionar sua tentativa de tornar a criptomoeda como parte maior da economia.

Dados do Coin ATM Radar mostram que o país tem o terceiro maior número de caixas eletrônicos de BTC em todo o mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e do Canadá. Os caixas de Bitcoin de El Salvador respondem por 0,7% de todas essas máquinas em todo o mundo. Os EUA e Canadá lideram com 86,4% e 6,6%, respectivamente.

El Salvador teve que reforçar sua infraestrutura após o anúncio de que faria do Bitcoin moeda com curso legal. O país também comprou 400 BTC para facilitar a mudança para ativos digitais. Além disso, ela construiu e lançou uma carteira digital, a Chivo, para tornar as transações mais fáceis.

Mas, apesar dessas mudanças no sistema, a transição está longe de ser tranquila. Houve relatos de caixas eletrônicos sendo destruídos enquanto os cidadãos protestavam contra o governo.

Um dos principais problemas que os membros do partido da oposição e os cidadãos têm com o BTC é a volatilidade associada ao ativo. Por exemplo, alguns no país têm chamado a atenção para o pagamento de salários, que pode ser gravemente afetado por isso. Bukele insistiu que o uso do Bitcoin será opcional, o que acalmou os críticos.

Não ajuda que esses grupos tenham vários outros problemas com o governo do presidente Nayib Bukele. Neste ponto, não está claro como esta mudança, a primeira deste tipo, afetará o país tanto interna quanto externamente. Outras nações ficarão de olho para ver as ramificações, mesmo que nunca tenham gostado de legalizar a criptomoeda.

A adoção de BTC em El Salvador é divisiva

Dizer que a decisão de El Salvador de legalizar o Bitcoin é controversa é um eufemismo severo. Embora os entusiastas do mercado tenham aplaudido a mudança, há pouco o que comemorar após a aprovação da legislação. Há pouco tempo, a Justiça de El Salvador começou a investigar a compra de BTC pelo governo.

A condenação foi rápida e forte de muitos lados, inclusive de órgãos internacionais que regulam questões financeiras. O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou um comunicado no qual afirma que haveria questões macroeconômicas e jurídicas relacionadas à mudança. O Banco Mundial disse abertamente que negaria assistência ao país, aumentando seus problemas.

Mas isso não impediu o governo de prosseguir com seus planos, e Bukele espera atrair empresários e investidores. Ele declarou que os estrangeiros estariam isentos do imposto sobre ganhos de capital sobre os lucros com BTC, além de conceder residência permanente.

Passaram poucos meses depois que a lei foi aprovada e desde que a infraestrutura como a carteira Chivo apareceu. Quaisquer efeitos de longo prazo de fazer moeda com curso legal de BTC só serão aparentes nos próximos um ou dois anos.

O artigo El Salvador tem mais de 200 caixas eletrônicos de BTC foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian