DYDX, OMG, UNI, PERP, QTUM, FTM, AXS – As melhores da semana

Avatar



Análise das sete criptomoedas que mais subiram na semana, entre os dias 24 de setembro a 1º de outubro.

As criptomoedas que mais valorizaram na última semana foram:

  1. DYdX (DYDX): 99,70%;
  2. OMG Network (OMG): 50,05%;
  3. Uniswap (UNI): 33,13%;
  4. Perpetual Protocol (PERP): 30,45%;
  5. Qtum (QTUM): 23,19%;
  6. Fantom (FTM): 22,09%;
  7. Axie Infinity (AXS): 21,36%.

DYDX

O DYDX é negociado dentro de um canal paralelo de alta desde o dia 14 de setembro. Na segunda-feira (27), ele rompeu canal e o validou como suporte no dia seguinte (ícone verde).

Depois disso, o token atingiu uma alta de US$ 27,85 na quinta-feira (30). Atualmente, ele está se aproximando da linha de resistência do canal mais uma vez.

Se o movimento de alta continuar, a área de resistência mais próxima estaria em US$ 30,70. Este é o nível de retração externa de 2,61 de Fibonacci ao medir a queda mais recente. Não há dados suficientes disponíveis que permitiriam análises com indicadores e tempos gráficos diferentes para o DYDX.

Gráfico do DYDX no TradingView

OMG

A OMG está seguindo uma linha de tendência de alta desde que atingiu um fundo no dia 20 de julho.

No começo, a criptomoeda teve dificuldade para crescer da área de resistência de US$ 10,60, mas conseguiu romper essa faixa de preço na quinta-feira (30). Este rompimento é apoiado pelo MACD e pelo RSI, que estão subindo. A área de resistência mais próxima está em US$ 15,33, criada pelas altas alcançadas em maio.

Gráfico da OMG no TradingView

UNI

A UNI estava sendo negociada dentro de uma cunha de baixa desde o dia 7 de setembro. No último domingo, ela conseguiu romper este padrão gráfico e atingiu uma máxima de US$ 26.

Após uma breve queda, ela começou outro movimento de alta e agora está se movendo acima da área de retração de 0,618 de Fibonacci em US$ 26,15. O movimento é apoiado pelo MACD e RSI, que estão subindo. Se o token conseguir romper essa área, a próxima resistência estaria em US$ 31,42.

Gráfico da UNI no TradingView

PERP

O PERP seguia por uma linha de tendência de baixa desde o dia 30 de agosto. Isso o levou a uma mínima de US$ 10,66, alcançada no domingo. No mesmo dia, o token voltou a subir e rompeu esta linha de tendência.

Ele continuou a atingir uma alta de US$ 19,11 no dia seguinte, mas não conseguiu ultrapassar área de retração de 0,5 de Fibonacci e voltou a cair. O token está atualmente em processo de impulso de alta e fazendo outra tentativa de rompimento. Caso isso ocorra, a próxima resistência seria encontrada em US$ 26,25.

Gráfico do PERP no TradingView

QTUM

A QTUM estava sendo negociada dentro de uma cunha de alta desde o dia 6 de setembro. Na quarta-feira (29), o token reverteu sua tendência depois que o RSI e o MACD geraram divergências de alta, rompendo o padrão gráfico no mesmo dia.

Agora, o ativo se aproxima do nível de retração de 0,5 em US$ 12,80. Se tiver sucesso em romper esse nível, a próxima área de resistência será nas altas feitas em setembro, perto de US$ 17.

Gráfico da QTUM no TradingView

FTM

O FTM seguia uma linha de tendência de baixa desde que atingiu a máxima histórica de US$ 1,94 no dia 9 de setembro. O movimento de baixa o levou a uma mínima de US$ 0,94 no dia 21 daquele mês.

No entanto, o FTM está subido desde então. No dia 25 de setembro, ele rompeu a linha de tendência e depois a validou como suporte.

Atualmente ele se aproxima da área de resistência de US$ 1,45, que é tanto o nível de retração de 0,5 quanto uma área de resistência horizontal. Caso rompa esse nível, a próxima resistência será na máxima histórica de US$ 1,93.

Gráfico da FTM no TradingView

AXS

Semelhante ao FTM, o AXS seguia uma linha de tendência de baixa desde que atingiu o preço recorde de US$ 94,67 no dia 4 de setembro. A queda levou a uma mínima de US$ 48,10 no dia 21 de setembro.

Posteriormente, o token rompeu a linha de tendência e recuperou a área de US$ 62. Atualmente ele está se aproximando da máxima histórica de US$ 94,67. Se conseguir renová-la, a próxima resistência será de US$ 123. Este é o nível de retração externa de 1,61 da queda mais recente.

Gráfico do AXS no TradingView

O artigo DYDX, OMG, UNI, PERP, QTUM, FTM, AXS – As melhores da semana foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian