DeFi confunde até mesmo veteranos das criptomoedas

DeFi confunde até mesmo veteranos das criptomoedas

O mercado das finanças descentralizadas (DeFi) está movimentando a criptoesfera.

Nas últimas 24 horas contadas da escrita desta matéria, o ramo de DeFi movimentou R$ 24 bilhões.

Enquanto isso, o valor de mercado total dos tokens equivale a R$ 73,5 bilhões, de acordo com os dados da CoinGecko.

No entanto, o funcionamento do mercado DeFi é complexo, segundo alguns investidores veteranos das criptomoedas.

DeFi faz investidor se sentir “velhote”

No Twitter, o investidor Max Boonen comentou:

Max Boonen sobre o DeFi
Max Boonen sobre o DeFi

“Vocês se lembram de quando nós tínhamos medo de que a dificuldade de guardar as chaves [das carteiras de criptomoedas] poderia retardar a adoção do Bitcoin?

Para um ‘velhote’ como eu, a complexidade do DeFi é 10 vezes maior do que isso.

Exchanges centralizadas possuem uma grande importância em tornar o Bitcoin mais acessível.”

Assim, o investidor comenta sobre vários assuntos: chaves de carteiras de criptomoedas, exchanges e sobre o mercado DeFi.

Atualmente, os investidores de criptomoedas ainda têm problemas com a segurança das suas carteiras.

No entanto, a disseminação de carteiras de criptomoedas online e offline facilitou esse processo.

Além disso, as exchanges centralizadas estão perdendo espaço para plataformas descentralizadas, como é o caso da Uniswap.

Recentemente, a Uniswap superou o volume de negociação diária da Coinbase, uma das maiores exchanges de criptomoedas do mundo.

De todo modo, o problema das chaves tem uma solução relativamente mais fácil.

O mercado das finanças descentralizadas, por sua vez, requer uma compreensão mais profunda de vários assuntos.

Mercado DeFi é difícil de dominar

Os entusiastas de DeFi costumam estudar sobre os tokens ERC-20, plataformas de contratos inteligentes, pools de liquidez e outros tópicos relevantes.

O objetivo é investir com relativa segurança.

Entrar nessa modalidade de investimento sem entender os conceitos do universo DeFi pode custar caro aos seus entusiastas.

Devido ao “boom” do DeFi, diversos tokens fraudulentos estão sendo listados para retirar dinheiro dos especuladores.

Em diversos casos, os desenvolvedores somem e convertem seus tokens em criptoativos com maior liquidez. O preço do token desaba e os investidores arcam com o prejuízo.

Recentemente, um fenômeno parecido aconteceu com o SUSHI. O preço do token despencou 99% após o seu criador – conhecido como Chef Nomi – converter os seus tokens em Ethereum (ETH).

Mesmo após o Chef Nomi devolver os tokens ao tesouro, o preço do criptoativo continuou num movimento de queda.

Finalmente, o mercado DeFi apresenta boas possibilidades de lucro aos seus investidores.

Entretanto, é importante estudar seus fundamentos, a fim de minimizar os riscos nesse investimento.

Leia também: Token da Uniswap é listado na Binance e Coinbase

Leia também: Usuário perde US$ 1 milhão em USDT e Tether devolve

Leia também: Wall Street recorre a traders jovens de criptomoedas nas redes sociais

BTC LAST NEWS: Crupto Facil