CVM alerta que “short squeeze” é manipulação e cabe punição

CVM alerta que "short squeeze" é manipulação e cabe punição

Depois do sucesso do grupo WallStreetBets com o “efeito GameStop”, investidores em ações brasileiras tentaram repetir o feito com ações da resseguradora IRB (IRBR3), que chegaram a subir 17,82%. 

Membros de um grupo do Telegram, com mais de 80 mil pessoas, organizaram uma “compra conjunta” dos papéis para gerar um efeito “short squeeze” no mercado.

Ou seja, um rápido aumento no preço de uma ação. Consequentemente, o efeito resultaria em prejuízos para os investidores que apostam na baixa.

CVM alerta sobre punições legais

Depois do episódio, nesta sexta-feira (29), a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) emitiu um alerta sobre esse tipo de ação.

De acordo com a autarquia, a atuação combinada de investidores para influenciar a alta pode ser considerada atuação irregular como manipulação de preços. Portanto, está sujeita a punições legais.

“A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) alerta ao mercado que a atuação com o objetivo deliberado de influir no regular funcionamento do mercado pode caracterizar ilícitos administrativos e penais”, alertou o regulador. “Cumpre alertar, ainda, que a manipulação do mercado é passível de punição na esfera penal, conforme crime tipificado no art. 27-C da Lei 6.385/76”.

A CVM também informou que tem monitorado os movimentos no mercado e as comunicações nas redes sociais.

Nesse sentido, comunicou que, na presença de indícios e conforme exige a lei, poderá instaurar processos administrativos sancionadores para apurar responsabilidades.

Além disso, poderá comunicar ao Ministério Público para que o órgão tome as devidas providências na esfera penal.

B3 faz leilão e investidores se revoltam

Também nesta sexta-feira (29), devido à forte volatilidade, a B3 comunicou que a negociação de ações do IRB está sendo submetida a leilões durante o dia. A bolsa disse que, nesses momentos, o mecanismo de leilão promove uma melhor formação de preços.

B3
Fonte: B3/Twitter

Em seguida, os investidores se revoltaram com a ação. Eles acusaram a bolsa de manipulação de mercado e de proteção dos big players.

“Irresponsável, injustificável e inacreditável. Não vejo a hora de termos outra bolsa no país”, disse um investidor no Twitter.

Outra investidora disse que a B3 está jogando contra os novos investidores que entraram na bolsa. Assim, “deixando o jogo de manipulação apenas para os big players, bancos e fundos”.

O popular perfil Monkey Stocks publicou:

Monkey Stocks
Fonte: Monkey Stocks/Twitter

Já o usuário Marco Fischer apontou uma saída: o mercado de criptomoedas

Marco Fischer
Fonte: Marco Fischer/Twitter

Leia também: Tron é a próxima criptomoeda impulsionada pelo WallStreetBets?

Leia também: Mia Khalifa investe em Dogecoin: “comprei a ação do cachorro”

Leia também: Bitcoin sobe 18%, mas a alta seguirá forte nos próximos dias?

BTC LAST NEWS: Crupto Facil