Criptomoedas serão pauta da Semana Mundial do Investidor 2020

Criptomoedas serão pauta da Semana Mundial do Investidor 2020

Entre os dias 05 e 11 de outubro será realizada a quarta edição anual da Semana Mundial do Investidor (WIW, na sigla em inglês).

Um dos temas a serem debatidos no evento, promovido pela Organização Internacional das Comissões de Valores (IOSCO), serão as criptomoedas.

Sobre a WIW

A WIW é coordenada pelo Comitê 8 da IOSCO (Investidores de Varejo), atualmente presidido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) do Brasil.

Esse evento tem como objetivo conscientizar e disseminar a importância da educação financeira e da proteção ao investidor.

Por outro lado, a iniciativa busca destacar as iniciativas dos reguladores de valores mobiliários dessas áreas.

“Mais do que nunca, os investidores e consumidores financeiros em todo o mundo precisam administrar suas finanças e investimentos de forma eficiente e fortalecer sua resiliência financeira diante da crescente incerteza econômica”, disse a IOSCO em um comunicado.

Cada jurisdição participante terá suas necessidades atendidas, visando facilitar a iniciativa global. Desta forma, caso desejem, elas poderão lançar suas campanhas em formato totalmente digital.

Além disso, por conta da pandemia de Covid-19, a WIW 2020 permitirá que as jurisdições optem pela semana de outubro ou novembro para realizar suas campanhas.

O objetivo é que, com essa flexibilização, as jurisdições consigam superar as questões logísticas e outros desafios impostos pela pandemia.

Assim, o evento promove a educação financeira dos investidores e dissemina as mensagens principais do evento.

Atividades e pautas do evento

Durante o evento, os membros da IOSCO de seis continentes oferecerão diversas atividades.

Dentre elas, comunicações e serviços com foco no investidor, além de concursos para aumentar a conscientização sobre iniciativas de educação.

Haverão ainda workshops, conferências e campanhas educacionais locais.

A edição de 2020 abordará temas como investimento online, ofertas iniciais de criptoativos e conceitos básicos de investimento.

Também serão debatidas questões de Ed-Tech, como aprendizagem digital e educação online. Isso porque, segundo a IOSCO, essas questões ajudaram a promover importantes oportunidades de aprendizagem remota durante o confinamento.

“Em nome do Conselho da IOSCO, gostaria de estender meu agradecimento a todos os membros da IOSCO e suas partes interessadas que apoiaram esta iniciativa internacional para aumentar a conscientização sobre a educação e proteção do investidor, especialmente em tempos tão difíceis”, declarou Ashley Alder, Presidente do Conselho da IOSCO e CEO da Comissão de Valores Mobiliários e Futuros de Hong Kong.

Leia também: Criptomoedas são meio de pagamento barato, rápido e seguro, diz presidente do Bacen

Leia também: CVM e MPF monitoram ação de influenciadores em finanças na internet

Leia também: 10.000 BTC foram a leilão por R$ 100 e ninguém se interessou

BTC LAST NEWS: Crupto Facil