Confira 3 razões para ter cautela sobre o XRP

Confira 3 razões para ter cautela sobre o XRP

O processo contra a Ripple Labs continua causando impactos sobre a XRP. A criptomoeda se desvalorizou fortemente, saindo de US$ 0,30 para a mínima de US$ 0,21 na Binance.

E o caso está longe de terminar. Segundo Adam Cochram, CEO do DuckDuckGo, existem três fatores principais por trás da queda acentuada de preços de XRP.

Além disso, esses fatores podem levar a movimentos ainda mais fortes de queda na credibilidade e no preço.

Processo está apenas no começo

Este não é o primeiro processo judicial aberto contra uma empresa de blockchain nos Estados Unidos. No passado, EOS e Kik fizeram acordos com a Comissão de Valores Mobiliários do país (SEC, na sigla em inglês).

No entanto, existem diferenças entre os casos. Cohram afirma que a XRP é ainda mais grave do que os dois citados.

“Ao contrário da Kik e EOS, onde a SEC alegou que as violações de títulos estavam apenas no ponto de venda, a SEC alega aqui que $ XRP AINDA viola a lei de títulos atual. Isso significa que eles acreditam que atualmente é um valor mobiliário, daí as reações de troca”, explicou.

Ele também alegou que existem uma série de provas de que a Ripple tinha conhecimento. Isso diminui a possibilidade da empresa poder alegar desconhecimento da lei, por exemplo.

“Eles (SEC) têm vários pontos de documento de prova de centralização, alarme de emissões de títulos e práticas de venda por escrito. Não há espaço para alegar ignorância da lei aqui. Eles nomearam pessoalmente os executivos como responsáveis, o que a SEC faz quando Eles tentam um tiro mortal. Isso é muito mais comum na ação de fraude do que em uma ação geral de títulos”, apontou.

Empresas abandonam o XRP em todo o mundo

Com o agravamento do caso, muitas empresas começaram a se prevenir contra os impactos. Dessa forma, a XRP começou a ser abandonada em todo o mundo.

Até a última quarta-feira (23), três exchanges deixaram de negociar o XRP em suas plataformas: CrossTower, Beaxy e OSL. No entanto, Cochram afirmou que este número pode aumentar.

As exchanges ainda não são obrigadas a remover o XRP.

Se ele for declarado uma garantia pelo tribunal, no entanto, os advogados disseram que as trocas podem enfrentar vários riscos e podem ser forçadas a remover o token preventivamente ou até em definitivo.

Caso afetou a imagem da XRP

Não são apenas as grandes empresas que estão preocupadas com o caso. Nas redes sociais, o sentimento em torno da Ripple diminuiu significativamente.

De acordo com a plataforma de análise de dados Santiment, as discussões nas redes sociais em torno da criptografia ainda são dominadas por XRP e o processo da SEC.

“Os tópicos mais discutidos hoje são dominados por XRP e Ripple, já que a SEC processou a empresa por supostamente vender títulos”, disseram analistas.

A percepção negativa faz com que os investidores tenham maior receio no futuro da criptomoeda. E isso pode desencadear novas vendas. A XRP já acumula queda de 16% e 51% nas últimas 24 horas e 7 dias, respectivamente.

Leia também: Trader faz bolão sobre preço do XRP valendo R$ 1.300

Leia também: Hacker cobra R$ 300 mil em Bitcoin para não vazar documentos do Palmeiras

Leia também: Coinbase pode retirar XRP para poder abrir seu capital

BTC LAST NEWS: Crupto Facil