Confira 3 motivos que tornam o Bitcoin seguro

Confira 3 motivos que tornam o Bitcoin seguro

O Bitcoin é seguro? Para poder explicar, irei dividir o vídeo em 3 passos.

Seja seu próprio banco

Com os Bitcoins, você pode ter acesso à sua carteira sem depender de nenhum intermediário, podendo armazena-los sem correr o risco de serem confiscados.

O sistema também gera uma grande privacidade para os usuários, já que a carteira não está necessariamente vinculada a um CPF. As transações não dependem de um intermediário, o que transforma o Bitcoin também em uma ferramenta de liberdade.

Blockchain e a segurança da rede

Já ficou claro que a segurança da sua carteira é por sua conta. Porém, é algo simples e perfeitamente acessível. O problema é: e se alguém tentasse invadir o próprio sistema de mineração e corromper o blockchain?

O sistema da blockchain é incorruptível, ou quase. Para conseguir violar a rede, seria necessário obter 51% de toda a força computacional: ou seja, seria necessária uma capacidade de mineração maior do que a de todos os mineradores do mundo juntos.

Tudo bem, mas por que isso torna a rede incorruptível?

Para obter uma força desse tamanho, seriam necessários aproximadamente US$ 500 milhões em 2017. Além disso, as vantagens dadas ao invasor seriam basicamente a possibilidade de fazer um gasto duplo. Só isso.

Ele não conseguiria fraudar o Bitcoin, pois o sistema é totalmente aberto e a fraude seria facilmente detectada. Então, o próprio sistema faz com que não valha a pena tentar corromper a rede.

Desta forma, a mineração de forma honesta acaba sendo mais lucrativa.

Esse tipo de sistema foge completamente do que é normalmente praticado pelas instituições bancárias, que fecham o seu sistema completamente e deixam pessoas especificas encarregas da segurança e validação.

Segurança da carteira

Na hora de investir, muitas pessoas acabam tendo preocupações com a segurança de seus Bitcoins. Acabam surgindo medos, como o de ter a sua carteira violada, seus Bitcoins roubados ou algo do gênero.

Como qualquer outro arquivo digital, o Bitcoin pode ser roubado. Porém, se as suas moedas forem armazenadas da maneira correta, e possível tornar este roubo uma tarefa praticamente impossível.

Felizmente, existem algumas coisas que você pode fazer para garantir a segurança das suas criptomoedas.

  • Use autenticação em dois passos: essa opção é disponibilizada em todos os sites que lidam com Bitcoin e outras criptomoedas. Trata-se de um código temporário gerado por um aplicativo. Prefira sempre usar essa opção para obter acesso à sua carteira on-line;
  • Use antivírus em seus dispositivos: utilizar um bom antivírus ajuda a manter os malwares longe de sua carteira, assim, evitando que invasores consigam ter acesso a ela. Vale lembrar que é sempre importante se manter longe de sistemas operacionais crakeados, extensões, apps ou atualizações de software que podem conter qualquer tipo de vírus, preservando assim a segurança de seus dados e da sua carteira;
  • Tenha cuidado com a senha: senhas seguras normalmente usam letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais. Embora a tentação seja grande, não use a mesma senha do seu e-mail ou das suas redes sociais, pois elas podem ser facilmente roubadas por um programa espião;
  • Tenha pouco dinheiro disponível na sua carteira on-line: use sua carteira de Bitcoin como você usa a carteira que fica no seu bolso. Não deixe todo seu patrimônio em uma carteira de rápido acesso, deixe apenas para gastos pontuais, para uso no dia a dia. O restante deve ficar em um ambiente seguro, off-line.

E como eu consigo manter as minhas moedas em um ambiente off-line? Uma boa opção é usar uma Ledger ou uma Trezor, carteiras de hardware que armazenam criptoativo.

Essa prática é conhecida como cold storage (armazenamento frio). Quando precisar fazer uma transação, transfira seus Bitcoins para um dispositivo conectado.

Leia também: Como gastar melhor o meu dinheiro?

Leia também: O que é um ETF de Bitcoin?

Leia também: O que são e como identificar pirâmides financeiras?

Aviso: O texto apresentado nesta coluna não reflete necessariamente a opinião do CriptoFácil.

BTC LAST NEWS: Crupto Facil