Comissária da SEC diz que reguladores devem cooperar mais

Avatar

Uma comissária da SEC acredita que a agência não está fazendo o suficiente para trabalhar com empresas de criptomoedas no formação de regulamentações deste mercado.

“Acho que é seguro presumir que o mercado cripto aumentará de tamanho”, disse a comissária da SEC ao The Wall Street Journal. “E então, o que podemos fazer agora para investir na construção de uma estrutura razoável, eu acho, vai valer a pena no futuro.”

Empresas menores desfavorecidas

Peirce fez questão de destacar o viés que as empresas menores enfrentariam se fossem amplamente regulamentadas da mesma forma que as grandes companhias financeiras estabelecidas.

A propósito, esse ponto também explica por que a SEC deve assumir um papel mais ativo para colaborar com as empresas do mercado cripto. Para startups, o processo de conformidade com as regras da autarquia seria “tremendamente difícil”, enfatizou a comissária.

De acordo com Peirce, a maioria das empresas supervisionadas pela SEC tem um bom relacionamento com o regulador, sendo elas próprias entidades financeiras estabelecidas. Normalmente, quando essas empresas desejam lançar um novo produto ou serviço, elas têm capacidade financeira para aguardar o longo processo regulatório, segundo Pierce. Infelizmente, dependendo da captação de recursos que acaba se exaurindo, as entidades que estão entrando no mercado não podem se dar ao luxo de esperar por tais processos.

Além disso, as grandes empresas também se beneficiam desses relacionamentos estabelecidos, sendo capazes de abordar a SEC para criar uma estrutura viável. “Obviamente, não somos nós que prestamos consultoria jurídica, mas as pessoas vêm e falam conosco, apresentam ideias nossas e tentam trabalhar conosco para criar uma estrutura que funcione para um determinado produto ou serviço”, relatou Peirce.

No entanto, ela acredita que a dificuldade representada por esse processo complicado também intimida as empresas menores. “Acho que muitas pessoas estão evitando tentar construir coisas no espaço da SEC precisamente porque é tão difícil navegar nele”. Isso reflete suas críticas anteriores sobre a recusa da SEC em fornecer uma orientação mais clara para empresas cripto.

SEC aprova ETF de Bitcoin

Apesar das críticas de Peirce, a SEC tomou medidas nos últimos dias para integrar ainda mais as criptomoedas aos mercados regulamentados. Na semana passada, o órgão regulador aprovou o primeiro fundo negociado em bolsa (ETF) baseado em futuros de Bitcoin, que foi lançado no início desta semana. Mais ETFs relacionadas a criptomoeda podem ser aprovados em breve.

O artigo Comissária da SEC diz que reguladores devem cooperar mais foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian