Cinco criptomoedas são listadas na Coinbase e Gala bate recorde

Avatar



Novas criptomoedas listadas na Coinbase Pro, Gala é uma delas

A corretora Coinbase Pro anunciou a listagem de cinco criptomoedas em sua plataforma, fazendo a Gala bater recorde de preço.

Há alguns anos no mercado, a Coinbase é uma referência como corretora nos Estados Unidos, listada até em bolsa de valores. Para operar em outros países a divisão Coinbase Pro é a responsável por atender os clientes.

Mesmo assim, as listagens nessas bolsas costumam agitar os traders e elevar os preços das moedas, pelo menos no momento inicial em que o mercado recebe a notícia. O efeito da Coinbase em listagens é antigo e remete a uma ideia de que o token ou moeda listados são de bons fundamentos, visto que a corretora é exigente com novos projetos.

Com Gala batendo recorde, quais as outras criptomoedas a Coinbase Pro listou?

Na última segunda-feira (15), feriado no Brasil, a Coinbase Pro anunciou a listagem de cinco criptomoedas, em uma publicação em seu blog.

Uma delas foi a Gala (GALA), que faz parte da indústria de games em blockchain pela rede Ethereum. Um de seus fundadores é Eric Schiermeyer, cofundador também da Zynga, empresa de São Francisco (EUA) listada na Nasdaq e que já atua no setor de games.

Essa criptomoeda foi uma das listadas na Coinbase Pro nesta terça-feira (16), fator que elevou seu preço de mercado em 30% em apenas 24 horas. Com o movimento, a GALA alcançou seu recorde de mercado em US$ 0,14. Antes dessa listagem o principal mercado da Gala era a Binance, que ganha agora uma concorrente.

Outra que registrou valorização após o anúncio da listagem na Coinbase foi a Power Ledger (POWR), com alta de 22% nas últimas 24 horas e custando US$ 0,64 cada. Este token Ethereum permite a compra de energia renovável aos seus detentores, com a empresa por trás deste sendo baseada na Austrália e trabalhando com o setor de energia renovável em vários países, inclusive Estados Unidos.

Duas criptomoedas não valorizaram e uma é stablecoin

Pareado ao Dólar, o único token que não teve seu preço abalado pela Coinbase foi o mStable USD (MUSD), que como é uma stablecoin acabou oscilando em torno de US$ 1,00 no mercado.

No entanto, as outras duas moedas listadas não tiveram um bom desempenho com a listagem na Coinbase Pro, pelo menos neste início. Uma delas é a Ethereum Name Service (ENS), token Ethereum que chamou atenção na última semana após realizar um grande airdrop para usuários e chegar a cotação de US$ 83,00 por unidade.

Contudo, mesmo com a listagem na Coinbase cada ENS segue custando US$ 49,00, com uma queda de 14% em 24 horas. A intenção deste projeto é criar uma espécia de DNS para o ecossistema Ethereum, carregando metadados que facilitam interações na rede.

Outra listada que caiu, mas nem tanto quando a ENS foi a Alchemix (ALCX), outro token Ethereum que custa US$ 431,00 por unidade, com desvalorização de 8% nas últimas 24 horas. Este token representa a governança do protocolo DeFi Alchemix, que interage com a moeda DAI para rentabilizar o dinheiro dos usuários em corretoras descentralizadas, como a SushiSwap, por exemplo.

Vale notar que todos são tokens, mas foram listados em pares de negociação USD, EUR e USDT.

Fonte: Livecoins

Marketcrypto.com.br: Livecoins

EnglishGermanPortugueseRussian