China quer acelerar lançamento de sua moeda digital

China quer acelerar lançamento de sua moeda digital

O Banco Central da China pediu para o país acelerar a implementação do Yuan digital.

O pedido foi feito dias depois de um grupo de bancos centrais – do qual a China não faz parte – produzir um documento especificando como as moedas digitais nacionais devem ser projetadas.

“Devemos construir uma infraestrutura financeira independente e de alta qualidade, acelerar o ritmo de pesquisa e desenvolvimento para a moeda digital do banco central (CBDC, na sigla em inglês) e garantir que os pilotos demonstrem que a moeda digital é controlável e protege a segurança dos pagamentos.” disse Chen Yulu, vice-governador do Banco Central Chinês.

CBDC

O economista do Grupo Bancário da Austrália e Nova Zelândia (ANZ, na sigla em inglês), Raymond Yeung, também falou sobre o assunto.

Ele está convencido de que os sinais de crescimento mostram que a China vai lançar a moeda digital em breve.

“Os testes podem se expandir para mais regiões da China ou adicionar mais cenários de aplicação. Mas a direção é clara”, disse

Nesse caso, Yeung referiu-se à recente distribuição de 10 milhões de yuans digitais (US$ 1,5 milhão) em uma loteria. Além disso, os testes anteriores a este realizaram transações no valor de mais de 1 bilhão de yuans.

Até o momento, todos os testes se concentraram no uso dessa moeda digital no varejo.

BIS

Pode-se dizer que a China está comprometida em mostrar o seu compromisso com o projeto de criação de uma CBDC.

E, por isso, pediu aceleração do processo para não ficar dependendo do Bank for International Settlements (BIS), considerado o Banco Central dos Bancos Centrais.

Por outro lado, o economista do ANZ está convencido que a participação da China neste grupo seria benéfica para todos.

“Qualquer colaboração internacional sem a participação da China, devido ao seu tamanho econômico e experiência em aplicações, seria uma perda para a comunidade internacional.”

Em todo caso, a China é o país que notavelmente mais está avançado em pesquisa, desenvolvimento e uso de CBDC.

Assim, enquanto países como Brasil estão apenas planejando como serão suas CBDCs, a China já tem casos de uso experimentais.

As intenções da China com esse projeto coincidem amplamente com as do grupo internacional de bancos centrais. Ou seja, visa substituir o dinheiro, manter o controle do governo sobre a moeda e criar o maior número possível de casos de uso.

Leia também: Ethereum está prestes a disparar, aponta famoso trader da Binance

Leia também: PIX atinge 30 milhões de chaves já cadastradas

Leia também: Empresário critica Suriel Ports, famoso day trader do YouTube

BTC LAST NEWS: Crupto Facil