China expande testes com sua moeda digital e ela pode ser lançada ainda em 2020

China expande testes com sua moeda digital e ela pode ser lançada ainda em 2020

O governo da China pretende expandir os testes do yuan digital. O anúncio da expansão foi feito pelo Ministério do Comércio da China na sexta-feira, 14 de agosto.

As novas regiões incluirão a capital chinesa, Pequim, bem como as províncias de Tianjin e Hebei. A expansão dos testes ocorre pouco mais de 2 meses após a finalização da primeira etapa de desenvolvimento.

Regiões periféricas da China serão abarcadas

Um representante do Ministério do Comércio chinês disse que os testes cobrirão grande parte das regiões mais ricas da China.

Além delas, as regiões centrais e ocidentais mais pobres que atendem a critérios não especificados também participarão dos testes. O Banco Popular da China (PBoC) liderará o piloto.

A China tem liberado seu yuan digital aos poucos. Em julho, o aplicativo de caronas Didi Chuxing foi escolhido para testar a moeda para uso em massa. O serviço é um dos maiores aplicativos de carona do país, com 550 milhões de usuários.

No início deste mês, bancos estatais chineses também testaram uma carteira digital projetada para o DCEP em grande escala.

Sem prazo definido para lançamento

De acordo com um relatório publicado pelo Wall Street Journal, ainda não há um prazo definido para o lançamento do yuan digital. Ainda assim, o Ministério do Comércio do país anunciou que a fase de testes deve ser concluída até o final de 2020.

Quando lançado, o programa piloto do yuan digital deverá ser bem mais amplo. Ele pretende incluir tanto a China quanto a ilha de Hong Kong.

Nessa fase, o projeto abarcará a Grande Baía de Hong Kong. A região consiste de nove cidades, incluindo Guangzhou, Shenzhen, bem como Hong Kong e Macau.

O yuan digital é chamado internamente de Moeda Digital para Pagamentos Eletrônicos (DCEP, na sigla em inglês). Ela provavelmente será a primeira moeda digital implementada por uma grande potência.

Em meados de abril, o Banco Popular da China testou o DCEP como parte de um esquema de subsídios de transporte para funcionários do governo e empresas em Suzhou – uma grande cidade na província de Jiangsu.

Leia também: Tron e Waves firmam parceria para oferecer serviços de DeFi

Leia também: Fundo de criptomoedas cresce 127% durante a pandemia

Leia também: Alt season ou hype com DeFi? Traders brasileiros falam sobre valorização das altcoins

BTC LAST NEWS: Crupto Facil