Cardano não vai queimar ADA, diz Charles Hoskinson

Avatar



O fundador da Cardano (ADA), Charles Hoskinson, afirmou que a rede não vai queimar seus tokens intencionalmente, um tipo de ação deflacionária vista em alguns ativos do mercado cripto.

Em uma live em seu canal no Youtube transmitida no domingo (19), o fundador e líder da Cardano se mostrou contra a ideia de queimar tokens ADA. O matemático disse que a proposta seria algo que reflete a “ganância e a estupidez das pessoas”.

O que é a queima de tokens?

A queima de tokens, também conhecido como “coin burn”, é uma ação onde parte da oferta inicial de um ativo é queimada. Com o número de tokens em circulação cai, o que aumenta a chance do seu preço subir.

Essa ação é vista como um mecanismo deflacionário, usada para que o preço do ativo valorize com o passar do tempo, à medida que novas queimas são feitas. A Binance Coin (BNB), por exemplo, faz esse processo todo trimestre.

Outra grande criptomoeda que adotou esse mecanismo foi o Ethereum, após o hard fork London. Em menos de um mês, mais de 70 mil ETH foram queimados em taxas. A estimativa é de que a rede queime US$ 5 bilhões da criptomoeda todo ano no ritmo atual.

Apesar de o processo ser bem visto por muitos usuários do mercado, por ser capaz de causar grandes altas nos preços desses ativos, Hoskinson afirma que essa ação seria “destruir o dinheiro de outras pessoas para que você possa ganhar um pouco mais de dinheiro”.

Conhecido por suas declarações diretas e opiniões polêmicas, o fundador da Cardano comentou que os entusiastas da rede que quisessem aderir a essa iniciativa poderiam criar um protocolo “proof-of-burn”, onde seria possível enviar tokens ADA para uma carteira que iria queimar esses ativos.

Assim, quem quisesse queimar os seus tokens estaria livre para fazê-lo, mas que a rede Cardano como um todo não iria realizar essa atividade ao “custo de qualquer outra pessoa”.

Cardano envolvida em golpes

Durante a live, Hoskinson comentou mais uma vez sobre golpes vistos na internet envolvendo a Cardano. Cada vez mais criminosos estão fazendo anúncios e propagandas falsas informando que usuários que depositarem ADA em uma determinada carteira irão receber futuramente quantias muito maiores do ativo como recompensas.

Em alguns casos, hackers invadem contas oficiais de grandes celebridades e investidores, além de canais do youtube, para fazer essas falsas promessas. Também já foram vistos imagens e vídeos de grandes nomes do mercado, como Vitalik Buterin e Elon Musk, sendo utilizadas nesses golpes.

Visando alertar os seus ouvintes, o fundador da Cardano repetiu diversas vezes que “jamais daremos ADA”, afirmando que as pessoas não devem se iludir com as promessas desses anúncios.

ADA perde valor de mercado

O token nativo da rede Cardano foi um dos ativos que mais cresceu nas últimas semanas, devido à euforia do mercado com a atualização Alonzo, que inseriu o recurso de contratos inteligentes na blockchain da moeda.

Após romper a barreira dos US$ 3 e atingir uma nova máxima histórica, a ADA tinha se consolidado como a terceira maior criptomoeda em valor de mercado. No entanto, o token caiu desde então, perdendo o seu posto para o Tether (USDT).

No fechamento desta matéria, a ADA era negociada a US$ 2,14, acumulando uma baixa de 17,5% nos últimos sete dias e valor de mercado de U$$ 68,8 bilhões, segundo dados do CoinGecko.

O artigo Cardano não vai queimar ADA, diz Charles Hoskinson foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian